Anelka desmente pré-acordo com o Atlético Mineiro

O futebolista francês Nicolas Anelka desmentiu esta quarta-feira ter assinado um pré-acordo com o clube brasileiro Atlético Mineiro, que por sua vez manifestou intenção de apresentar queixa à FIFA contra o empresário do jogador.

"Foi dito que me esperavam no Brasil na quinta-feira por ter chegado a acordo com um clube. Foi dito que já tinha inclusive assinado pelo clube. É uma história fantástica, em todo o caso não tenho conhecimento de nada", ironizou o avançado francês acerca do alegado acordo a que o seu empresário teria chegado com o clube de Minas Gerais.

O jogador, que já passou por clubes como o Real Madrid, Paris Saint-Germain, Liverpool, Juventus ou Chelsea, difundiu um vídeo nas redes sociais onde reconheceu saber do interesse do Atlético Mineiro, mas sublinhou que a abordagem foi feita através de um intermediário e não com nenhum responsável, tendo ainda esclarecido o seu futuro próximo.

"Recentemente disse que ia tirar umas férias e estar com os meus filhos. É o que tenho feito e o que tenciono continuar a fazer. Se um dia decidir prosseguir a minha carreira já sei onde o vou fazer, em qualquer caso não será no Brasil", esclareceu o francês de 35 anos.

O diretor técnico do Atlético Mineiro, Eduardo Maluf, acusou o empresário do antigo internacional francês, Cristian Cazini, de desrespeitar um pré-acordo assinado a quatro de março e manifestou a intenção de apresentar queixa à FIFA.

Anelka está de momento sem clube desde que foi demitido pelo West Bromwich Albion, por ter feito um gesto considerado antissemita, durante um jogo da Liga inglesa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG