Piloto português Félix da Costa apontado à Fórmula 1

Especialista britânico lançou o português ao lugar de Kimi Raikkonen na Alfa Romeo, que na quarta-feira anunciou a intenção de continuar na F1.

Será que à segunda é de vez? Félix da Costa já esteve às portas da Fórmula 1 em 2013 e foi agora apontado ao lugar de Raikkonen na Alfa Romeo. Segundo soube o DN essa é uma possibilidade entre outras, uma vez que o piloto português da Fórmula E está a falar com várias equipas. Se as negociações avançarem, será o quinto português na prova rainha do automobilismo depois de Nicha Cabral, Pedro Matos Chaves, Pedro Lamy e Tiago Monteiro.

Em 2013, Helmut Marko, diretor do programa de jovens pilotos da Red Bull, garantiu que iria fazer parte da Toro Rosso (atual Alpha Tauri), mas o lugar foi ocupado pelo polémico russo Daniil Kvyat. Agora abre-se uma nova janela de oportunidade ao lado do italiano Antonio Giovinazzi na Alfa Romeo, scuderia que na quarta-feira anunciou a intenção de continuar na F1 por vários anos.

"Gostaria de ver António Félix da Costa ter uma oportunidade. Está na sua melhor forma e numa altura da carreira onde não sente a pressão como sentia anteriormente", disse ao portal The Race, Sam Smith, jornalista britânico especialista em Fórmula 1, apontando o português ao lugar de Kimi Raikkonen.

O piloto lisboeta está na sétima temporada - a primeira como campeonato mundial da FIA - em corridas de monolugares 100% elétricos. Félix da Costa é o atual campeão da Fórmula E e um dos mais experientes do grid. Participou de todas as temporadas até o momento. Depois de três temporadas pela equipe Andretti com o apoio da BMW, assinou pela DS TECHEETAH, na temporada 2019-20, tendo conquistando o título.

Esta época está em segundo lugar no mundial, com 76 pontos, menos cinco do que o líder Sam Bird.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG