Federação quer testar vídeo-árbitro em Portugal e fazer história

Fernando Gomes entregou dossiê a Tiago Craveiro, diretor geral da Federação

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) vai apostar na introdução do vídeo-árbitro. Depois da recomendação do International Board (IFAB) em avançar para a alteração das leis do jogo de forma a permitir que os juízes tenham o apoio das imagens de TV durante as partidas, Fernando Gomes decidiu avançar com a introdução da nova tecnologia no futebol português.

O presidente da FPF delegou no diretor-geral, Tiago Craveiro, a missão de trabalhar com a FIFA e o IFAB para coordenar a introdução do vídeo-árbitro em Portugal. E já estuda propostas de possíveis fornecedores e condições para que a tecnologia seja uma realidade a muito curto prazo.

No último encontro do IFAB, em Londres no dia 7 de janeiro, foi dada "luz verde aos primeiros testes". E será na reunião de Cardiff, entre 4 e 6 de março, que será definido como será feita a interrupção dos encontros para que sejam esclarecidos lances de dúvida e onde vão acontecer os primeiros testes. Portugal é candidato e pode ser o eleito para testar o vídeo-árbitro, fazendo assim história no futebol mundial.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG