Federação volta a apertar regras sobre jogadores estrangeiros

A Federação Chinesa de Futebol (FCF) anunciou hoje que vai impor novas restrições aos clubes de forma a limitar as avultadas verbas na contratação de jogadores estrangeiros.

Os clubes deficitários que contratarem novos jogadores terão de canalizar uma verba semelhante para um fundo governamental que visa a formação de jovens e promoção da modalidade no país.

A partir da próxima época, todos os clubes deverão ter no 'onze' inicial o mesmo número de jogadores estrangeiros e jovens chineses sub-23.

Nesta temporada, a FCF já tinha limitado de quatro para três o número de estrangeiros no 'onze' inicial, bem como a obrigação de alinhar com, pelo menos, dois jogadores sub-23.

Segundo a FCF, estas limitações visam desencorajar os clubes "a procurar resultados a curto prazo e contratar jogadores estrangeiros em grande quantidade, o que inflaciona o valor das transferências".

Durante a última janela de transferências, os clubes chineses investiram 338 milhões de euros na contratação de jogadores.