Técnico espanhol Lopetegui espera mais reforços

Treinador portista explicou este domingo que Varela "pediu para sair" e admitiu que entre os reforços deverá estar um guarda-redes

O treinador do FC Porto, Julen Lopetegui, revelou este domingo que espera mais reforços e que a exclusão de Varela do plantel para 2014/15 resultou da decisão do futebolista internacional português, "que quer sair da equipa".

Além das dez caras novas hoje apresentadas oficialmente aos adeptos, no Estádio do Dragão, a convicção do técnico espanhol, após o empate sem golos frente ao Saint-Etiénne (França), não deixou dúvidas sobre o reforço do plantel: "Acredito que ainda vamos incorporar mais jogadores".

"Precisamos de reforços em algumas posições. Acredito que venham novos jogadores", disse Lopetegui, que, no entanto, sublinhou contar "com todos", apesar do mercado ainda estar aberto durante mais de um mês.

A propósito, e tendo em conta o próximo estágio em Inglaterra, de 02 a 09 de agosto, o treinador espanhol admitiu que poderá haver saídas, embora isso dependa da chegada de mais reforços.

Do plantel hoje anunciado não constam Varela, Mangala, Licá, Josué, Abdoulaye, Rolando e Ghilas, mas entrou uma dezena de reforços: Ricardo Nunes (guarda-redes, ex-Académica), Daniel Opare (defesa, ex-Standard de Liége/BEL), Martins Indi (defesa, ex-Feyenoord), Casemiro (médio, ex-Real Madrid), Evandro (ex-Estoril), Brahimi (médio, ex-Granada), Óliver Torres (médio, ex-Atlético de Madrid), Christian Tello (avançado, ex-Barcelona), Adrián Lopez (avançado, ex-Atlético de Madrid) e Sami (ex-Marítimo).

Sobre o internacional português, que tem estado de férias desde que terminou a participação portuguesa no Mundial2014, Lopetegui afirmou que a saída se trata de uma decisão de Varela, "que quer sair da equipa".

Admitiu ainda que um dos reforços possa ser um guarda-redes, quando questionado sobre a exibição de Fabiano, que hoje evitou alguns golos adversários.

"Fabiano esteve fantástico e tem toda a nossa confiança, mas uma coisa não impede a outra. Queremos exigência em todas as posições", afirmou.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG