José Peseiro: "Desde que cheguei estamos no nosso melhor momento"

Técnico do FC Porto considera que esta é a melhor altura para disputar a final da Taça de Portugal, que "não salva" a época

O treinador do FC Porto, José Peseiro, disse hoje que o clube está no melhor momento desde que orienta os 'dragões', justificando com os últimos encontros do campeonato.

"Desde que cheguei estamos no nosso melhor momento, com ritmo, intensidade e confiança. Os últimos jogos reforçam o sonho e o objetivo de ganhar esta Taça de Portugal", disse o técnico dos dragões' na conferência de imprensa de antevisão da final, marcada para domingo, às 17:15.

Questionado sobre se uma eventual vitória frente ao Sporting de Braga salvaria a temporada menos boa dos 'azuis e brancos', Peseiro sublinhou que o clube é alimentado por vitórias e troféus.

"Isso é uma cantiga de embalar e eu não vou nessas cantigas. O FC Porto é uma equipa vencedora e um clube com imenso troféus. Esta Taça tem tanto valor como as outras e sabemos que este clube vive de vitórias", explicou.

Relativamente à pressão que os jogadores possam sentir antes do encontro, o treinador, de 56 anos, referiu que quem joga num clube como o FC Porto deve e tem que estar habituado a jogar com essa tensão, destacando a qualidade dos seus atletas.

"Quem está no FC Porto sabe que sente e que tem pressão. Todos os que aqui estão têm potencial e qualidade, mas sabem que têm pressão. A vitória é o único caminho e objetivo. É bom, muito bom quando se joga com pressão e para vencer", reiterou.

José Peseiro assegurou que para derrotar os bracarenses, o "pensamento é o de jogar bem, de forma comprometida, organizada e com confiança".

Sobre o adversário, o técnico dos 'dragões' deixou elogios ao clube orientado por Paulo Fonseca, que está presente na final pelo segundo ano consecutivo.

"Tem qualidade, valor, é uma boa equipa e tem um bom treinador. Sabemos que o Braga vai dar o máximo e respeitamos qualquer adversário. Temos que estar bem individualmente e coletivamente", concluiu.

Já o guarda-redes brasileiro Helton afirmou que a receita para vencer a Taça é a humildade e a motivação, lembrando que será fundamental não desperdiçar as ocasiões de golo.

"A equipa, independentemente, do que aconteceu para trás, tem que estar motivada. É preciso ter humildade e isso passa por ter respeito ao adversário, por nós próprios e ter coração", disse.

Sporting de Braga e FC Porto disputam no domingo a 76.ª final da Taça de Portugal, a partir das 17:15, no Estádio Nacional, em Oeiras, numa partida que será dirigida pelo árbitro Artur Soares Dias, da associação do Porto.

Exclusivos

Premium

Flamengo-Grémio

Jesus transporta sonho da Champions para a Libertadores

O treinador português sempre disse que tinha o sonho de um dia conquistar a Liga dos Campeões. Tem agora a oportunidade de fazer história levando o Flamengo à final da Taça Libertadores para se poder coroar campeão da América do Sul. O Rio de Janeiro está em ebulição e uma vitória sobre o Grémio irá colocar o Mister no patamar de herói.