Sérgio Conceição: "Tivemos três noites infelizes por parte da equipa de arbitragem"

O treinador do FC Porto falou pela primeira vez do trabalho do árbitro no jogo de quarta-feira com o Feirense

Sérgio Conceição pronunciou-se este sábado pela primeira vez sobre o trabalho do árbitro Fábio Veríssimo no jogo de quarta-feira em que o FC Porto venceu o Feirense por 2-1. Na altura o técnico portista, não foi à flash interview nem à conferência de imprensa após a partida.

"O clube já fez exposição ao Conselho de Arbitragem, não há muito mais a dizer, foi uma noite muito infeliz do árbitro, talvez o jogo em toda a minha carreira em que um árbitro foi tão infeliz, mas isso acontece. Em três jogos foram três noites infelizes da parte da equipa de arbitragem, incluindo o VAR", assumiu.

O treinador dos dragões deixou depois um recado a Rui Vitória, seu homólogo do Benfica, que após o dérbi com o Sporting desafiou os árbitros de campo a verem as imagens no relvado: "Ouvi alguém dizer que devem consultar mais os aparelhos que têm à disposição, mas gosto de pessoas coerentes, que não tenham medo das palavras. Lembro-me do nosso jogo com o Benfica, no Dragão, onde se o Jorge Sousa tivesse ido ver a mão do Luisão, com daria penálti, e aí no final disseram que estavam só para falar do jogo, não das arbitragens. Desta incoerência é que não gosto muito."

Ainda assim, mostrou-se convicto de que é preciso esclarecimentos sobre o VAR: "É importante saber quando se deve usar, em que circunstância, quando tem de intervir ou quando deve o árbitro pedir. Agora não está claro."

Sérgio Conceição mostrou-se ainda preocupado com a sucessão de expulsões na sua equipa, que já vão em três nas duas últimas semanas. "Fico preocupado quando vejo a situação do Herrera, que se calhar teve um gesto merecedor, mas podem dar um jogo e dão dois. Quando vejo a expulsão do Felipe, que não é justa, fico preocupado, mas temos de saber dar a volta», disse, explicando que dos jogos que o FC Porto empatou "só com o Sporting não houve casos"... mas "em todos os outros houve situações que me preocupam". "E agora têm acontecido de forma cada vez mais frequente. Somos uma equipa forte, muito competitiva, com muito espírito, mas estão a acontecer coisas que nos deixam alerta, mesmo assim temos conseguido levar a água ao moinho. Temos de continuar a luta e não quero mas tenho que dizer, contra tudo e contra todos", frisou.

No que diz respeito ao jogo desta noite (20.15) com o V. Guimarães, no Estádio do Dragão, Sérgio Conceição garante que "será diferente" do jogo da Taça de Portugal, em que os portistas venceram por 3-0. "Dizemos sempre que cada jogo tem a sua história e com certeza este vai ter a sua e vai ser diferente do da Taça. O principal nesse jogo foi termos conseguido vencer, agora esperamos o mesmo"

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG