Primeiro treino do FC Porto em Horst com Adrián López

O futebolista espanhol Adrián López, mais recente reforço do FC Porto, efetuou este domingo o seu primeiro treino com os restantes companheiros, em Horst, na Holanda.

Na sua estreia no ensaio de conjunto, o avançado, que custou aos "dragões" 11 milhões de euros por 60 por cento do passe (por cinco épocas), foi dos jogadores que mais atenção captou da cerca de uma centena de adeptos que puderam assistir aos trabalhos.

O antigo jogador do Atlético de Madrid foi praticamente o último a sair dos relvados do complexo desportivo de Horst, "obrigado" a apuro suplementar, especificamente vocacionado para a finalização, isto é, mais um quarto de hora a "fuzilar" o guarda-redes angolano Kadu, que lhe ficou a fazer companhia.

O técnico portista "administrou" um treino que não ultrapassou os 50 minutos, no qual não participou o defesa Danilo, que ficou nos balneários em tratamento e recuperação de uma entorse sofrida no jogo particular de sábado com o Desportivo das Aves (1-0), ainda em Portugal.

Igor Lichnovsky e Graça, promovidos provisoriamente à equipa principal, também estão a recuperar de mazelas musculares, tal como Helton, que apenas fará recuperação a um tornozelo durante todo o período de estágio.

Após exercícios iniciais, marcados pela intensidade e boa disposição, os "dragões" entregaram-se, divididos por três grupos, a uma "peladinha" em menos de metade de um campo de futebol, obrigados a rápidas trocas de bola e finalização, em que se evidenciaram Ricardo Pereira (dois golos), Evandro e Carlos Eduardo.

No final do treino, Ricardo Quaresma e Josué testaram a marcação de grandes penalidades, com a oposição dos guarda-redes Ricardo e Fabiano, uma sessão que decorreu sob os olhares do técnico principal e do administrador Antero Henrique, que estavam à conversa, há algum tempo, atrás da baliza.

O plantel regressou ao hotel da mesma forma com que chegou ao treino, de bicicleta, seguido pela restante comitiva portista, composta por muitos elementos dos corpos técnico e médico, o que dá a entender que o treinador espanhol pretende congregar o mais possível todas as valências disponíveis na estrutura portista.

O FC Porto volta a treinar segunda-feira, às 10:00, no mesmo local, o que será antecedido por uma entrevista curta de um jogador.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG