Mangala assume que época portista foi "um fracasso"

Eliaquim Mangala, que nesta altura está integrado nos trabalhos da seleção francesa tendo em vista o Campeonato do Mundo, utilizou a palavra "fracasso" para classificar a última época do FC Porto.

"No FC Porto não estamos habituados a terminar em terceiro. Para nós, é um fracasso. O mínimo que se exige a este clube é ser campeão. Só conquistámos a Supertaça, por isso, temos de assumir o fracasso. Vamos analisar o que falhou e esperar para ver qual será a resposta", afirmou o francês, em entrevista ao Foot Mercato.

O defesa central, que está nas cogitações de Manchester City e Manchester United, aproveitou ainda para elogiar Ricardo Quaresma.

"É um apaixonado. Dá tudo em campo para ganhar. Detesta perder e fazer más exibições. Pode ficar frustrado quando não consegue o que quer. Mas, depois de o conhecer, percebi tratar-se de uma ótima pessoa, com grandes qualidades", disse.

O jogador de origem congolesa esclareceu ainda que a saída de Lucho González a meio da temporada "deixou marcas", mas não pode "servir de explicação para o nosso falhanço, que se deveu a razões mais profundas".

Mangala, de 23 anos, chegou à Invicta em 2011/12, tendo-se assumido desde então como um dos pilares da defesa do FC Porto. Tem contrato até 2016 e é candidato a deixar o Dragão neste defeso.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG