Lopetegui perde Mikel para uma "época grandiosa"

O médio-defensivo nigeriano sofreu uma lesão grave no primeiro treino da pré-época. Lopetegui espera ter o plantel completo "dentro de duas semanas".

A pré-época não poderia ter começado (e acabado) de pior forma para Mikel, médio-defensivo nigeriano do FC Porto, que tentava convencer Lopetegui a incluí-lo no plantel principal, após dois anos na equipa B.

O trinco de 21 anos fraturou a tíbia da perna esquerda e já foi submetido a uma intervenção cirúrgica. O período de paragem ainda não foi revelado, mas já é certo que a pré-época terminou para Mikel e dificilmente o potencial sucessor de Fernando voltará à competição antes do final de 2014.

À margem deste infortuito, Lopetegui, em declarações ao Porto Canal, deixou as primeiras palavras após o treino. "Os sinais são de entusiasmo. Os jogadores transmitiram-mo durante a manhã. Este é o primeiro passo que temos que dar para uma época grandiosa. Todas as grandes viagens começam com o primeiro passo. Hoje demos esse passo. Faltam jogadores e o plantel não está consolidado, mas esperamos ter o plantel a 100% em breve para trabalhar", frisou.

"Para já, precisamos de trabalhar, falar de conceitos, conhecer-nos. Hoje era o primeiro dia e os jogadores trabalharam com intensidade, ilusão e tem que ser assim todos os dias. Vão chegar jogadores novos, mais os mundialistas, e em duas semanas esperamos ter o plantel que queremos para 2014/15", acrescentou.

O técnico espanhol defendeu que não pode explicar o seu conceito de jogo "em duas palavras", mas resumiu o que pretende para o FC Porto: "Gosto de ser genérico. No futebol, temos que entender os momentos do jogo e dar a esses momentos as soluções que precisam. Queremos ter bola, queremos ser protagonistas e ter iniciativa", vincou, procurando "um futebol com amplitude" e "de ataque".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG