Julen Lopetegui apresentado no FC Porto

Treinador espanhol foi apresentado por Pinto da Costa no início desta tarde de terça feira

Pinto da Costa, treinador do FC Porto, apresentou este início de tarde de terça feira o treinador espanhol Julen Lopetegui com um contrato válido para as próximas três temporadas.

"Queremos voltar a vencer e por isso fizemos um contrato de três anos com Julen Lopetegui, que não precisa de apresentações. Quando o contactei disse-lhe que era a minha 1.ª, a minha 2.ª e a minha terceira opção. Porque não escolhi um português? Já tive muito sucesso com portugueses, mas também com estrangeiros. Para mim o futebol é universal, por isso senti que ele estava identificado com o nosso projeto", começou por revelar Pinto da Costa em conferência de imprensa, confirmando que Rui Barros fará parte da equipa técnica do ex-treinador dos sub-21 de Espanha, salientando também que continuará no FC Porto por mais anos. "Ao contrário do que pretendiam alguns, vou continuar aqui por muitos mais anos", disse.

Já Julen Lopetegui revelou a sua satisfação por ingressar no FC Porto. "Será um orgulho treinar um clube desta dimensão", começou por dizer, confessando que tem uma filosofia de jogo pensada para os dragões. "Temos uma filosofia de jogo, mas primeiro vamos ver como será a equipa na próxima temporada. Queremos jogadores que queiram vingar aqui no FC Porto", salientou Lopetegui, salientando ir tentar trazer as vitórias de volta. "Como o presidente diz, quero perder de vez em quando e ganhar quase sempre. É isso que pretendemos, mas temos de crescer pouco a pouco. Quero agora conhecer ainda melhor a liga portuguesa. Sempre gostei da Liga, até porque sou espanhol, mas pretendemos agora ter mais dados, pois é sempre necessário conhecer bem o campeonato que disputamos", afirmou.

Sobre contratações Lopetegui foi taxativo: "Vamos esperar. Vamos analisar o plantel, falar com a direção e depois vamos decidir. O FC Porto é conhecido por contratar sempre bem e tenho a certeza que assim continuará a ser", disse.

A conquista do Campeonato da Europa de sub-21 em Israel no ano passado é considerado o ponto mais alto da sua carreira como treinador.

Orientou também os sub-19 e os sub-20 espanhóis, assim como o Rayo Vallecano de Madrid e o Real Madrid Castilla FC.

Como jogador atuou em vários clubes, entre eles o Real Madrid e o FC Barcelona, tendo ganho uma Liga espanhola, um Taça do Rei, três Supertaças de Espanha e uma Supertaça europeia.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG