'Jackshow' Martínez brilha na melhor exibição da época

FC Porto dá recita de futebol em Guimarães e ganha sete golos de vantagem sobre o Benfica. Jackson fez 'hat-trick', chegou aos 18 jogos na Liga e já teve a companhia de Liedson.

O FC Porto passou com máxima distinção o teste em Guimarães, ao golear o Vitória por expressivos 0-4, em jogo da 17.ª jornada da Liga, resultado que permitiu aos dragões ganharem sete golos de vantagem sobre o Benfica, antes de os encarnados receberem o Vitória de Setúbal. Melhor que o resultado, porém, foi a exibição portista, que conseguiu vulgarizar um Vitória que tem - e já demonstrou - talento e capacidade para muito mais. O "carrossel" portista, porém, mal deixou os vimaranenses pensarem em ter a bola, tanto que os dragões acabaram o jogo com 69% de posse.

Jackson Martínez é, obrigatoriamente, o rosto da grande exibição portista. É certo que o coletivo sobressaiu acima de todo o resto, mas o ponta-de-lança colombiano esteve, precisamente, impecável nesse registo: quando era preciso uma linha de passe, ele criava-a; quando havia um espaço vazio, ele ocupava-o; quando o Vitória lançava (os poucos) ataques, ele era o primeiro a defender. O primeiro 'hat-trick' ao serviço do FC Porto, e também o primeiro nos últimos quatro anos, acabou por ser um "pormenor" numa exibição memorável do colombiano.

O triunfo portista, porém, começou a ser construído por Mangala, aos 17 minutos: João Moutinho bateu o pontapé de canto e o francês foi às alturas (tremendo poder de impulsão) cabecear para o seu quarto golo da época. O francês, é certo, usa e abusa da sua impetuosidade (o árbitro Marco Ferreira 'perdoou-lhe' um penálti, quando já estava 0-4), mas está a afirmar-se como um imprescindível para Vítor Pereira, tanto que não há perspetivas de Maicon (quem imaginaria um FC Porto sem ele há uns meses?) voltar à equipa titular.

Nas laterais, Danilo e Alex Sandro, sobretudo o segundo, "varreram" tudo o que foi aparecendo pela frente e subiram várias vezes ao ataque, para criar desequilíbrios. O meio-campo (até Fernando - sobretudo Fernando) fartou-se de assinar grandes passes e promover as diagonais de Varela (cumpriu o 28.º aniversário com o seu melhor jogo da época) e Jackson Martínez, com Izmailov, em estreia a titular, já completamente identificado com os processos de jogo dos dragões. João Moutinho somou duas assistências e, na segunda, colocou a bola na cabeça de Jackson, que praticamente "arrumou" com as esperanças vimaranenses.

Na segunda parte, o FC Porto fez o que quis do adversário, que quiçá terá pago a fatura de ser, efetivamente, uma equipa pouco experiente - apesar de Alex, o capitão do Vitória, ter dito que pouco há a fazer contra o "Barcelona de Portugal". Jackson bisou aos 56', após um magistral passe de Fernando, e aos 73' foi a vez de completar o 'hat-trick', de cabeça, após combinação entre Alex Sandro e Varela. Tempo, ainda, para a estreia de Liedson, que até teve uma oportunidade para marcar (assistido por Jackson), mas quando o Levezinho entrou já tudo estava resolvido. A luta pelo título, essa, mantém-se bem aberta.

Filme do jogo:

90+2' Final do jogo! O FC Porto goleia o Vitória, em Guimarães, por 0-4, com um golo de Mangala e um 'hat-trick' de Jackson Martínez, em jogo da 17.ª jornada da Liga. Os dragões seguram o primeiro lugar, com sete golos de vantagem sobre o Benfica (e, para já, três pontos), enquanto o Vitória perde terreno "europeu" e é sexto, à condição.

90' Mais dois minutos de compensação...

88' Os jogadores do FC Porto "divertem-se" com o jogo e vão trocando a bola entre si.

83' Jackson Martínez a mostrar a sua versão mais altruísta: está a tentar assistir o aniversariante Varela e o estreante Liedson para o golo, ao invés de tentar ele próprio finalizar.

81' Substituição no Vitória. Saiu Tiago Rodrigues e entrou Machís.

80' Fantástico desarme de Paulo Oliveira, a evitar que Jackson, isolado por Fernando, pudesse tentar fazer o "póquer".

78' Há grande penalidade por marcar a favor do Vitória, com Mangala a derrubar Ricardo na grande área. Marco Ferreira nada assinalou.

78' Jackson Martínez fica isolado, após mais uma belíssima diagonal do colombiano, mas depois quis oferecer o golo a Liedson e perdeu o lance.

76' Substituição no FC Porto. Saiu João Moutinho e entrou Liedson. Audácia de Vítor Pereira, que vai jogar com dois pontas-de-lança.

73' GOLO DO FC PORTO! JACKSON MARTÍNEZ FAZ O 0-4! É, provavelmente, a melhor exibição da época do FC Porto: Alex Sandro serve Silvestre Varela, que tira o opositor direto do caminho e cruza com conta, peso e medida para a cabeça de Jackson Martínez, que atirou para o seu 18.º golo na Liga.

71' Sebá tentou a assistência para Jackson, mas errou o alvo.

69' Dupla substituição no FC Porto. Saíram Izmailov e Lucho González e entraram Sebá e André Castro.

66' Pontapé livre de Tiago Rodrigues, para as "nuvens".

65' Cartão amarelo para Otamendi, na sequência de um lance onde o argentino perdeu a bola e, depois, acabou por derrubar Baldé na zona limite da grande área.

61' Dupla substituição no Vitória. Saíram Barrientos e Alex e entraram Crivellaro e André André.

58' Um delegado do FC Porto foi atingido com um objeto atirado da bancada, por um presumível adepto do Vitória, deixando marcas no rosto do dirigente.

56' Remate de Marco Matias, ao lado do alvo.

56' GOLO DO FC PORTO! JACKSON MARTÍNEZ FAZ O 0-3! Belíssimo, o futebol praticado pelos dragões esta noite. Fernando, desta vez, "picou" a bola por cima da defesa do Vitória e isolou Jackson Martínez, que na cara de Douglas fez o 17.º golo na Liga.

52' Lance mal definido pelo FC Porto, numa situação de 3x3, com Danilo a cruzar demasiado largo e a falhar na assistência a Jackson.

52' Tentativa de remate de Barrientos, a falhar redondamente o alvo.

51' Cruzamento largo de Alex Sandro, mas Douglas segurou e impediu que Mangala chegasse ao lance.

48' A equipa do Vitória surge com as linhas mais subidas no terreno para esta segunda parte, claramente à procura do golo que possa relançar a discussão do resultado.

46' Remate de Tiago Rodrigues, muito ao lado do alvo.

46' Início da segunda parte! Bola para o Vitória.

45+2' Intervalo no D. Afonso Henriques, onde já se atiram cadeiras à equipa de arbitragem. A segunda parte promete ser "quente".

45' Mais dois minutos para se jogar na primeira parte.

43' Ânimos exaltados quer nas bancadas, quer no relvado. Os "cotovelos" estão a ter mais uso do que é aconselhável em alguns jogadores, particularmente impetuosos nesta partida.

42' Adeptos vimaranenses atiram petardos para junto da baliza de Helton. O Vitória já não se livrará de uma multa.

40' Barrientos pontapeia João Moutinho quando a bola já estava fora de campo. Marco Ferreira opta por mostrar apenas o cartão amarelo.

37' GOLO DO FC PORTO! JACKSON MARTÍNEZ FAZ O 0-2! Novamente através de um canto marcado por João Moutinho, Jackson Martínez foi às alturas para apontar o seu 16.º golo na Liga. Excelente golpe de cabeça.

36' Douglas evita o golo! Grande defesa do guarda-redes, após mais um remate cruzado de Jackson, e depois foi Paulo Oliveira a evitar que Izmailov fizesse o golo!

34' Cartão amarelo para Izmailov, por atingir o russo com a mão na face.

30' Izmailov tenta passar por três jogadores na grande área do Vitória, mas foi desarmado pelo terceiro homem. Para já, o russo está exímio no passe, mas com bola em progressão ainda não está na melhor forma.

27' Dragões com 74% de posse de bola, diante de um Vitória que parece mais preocupado em evitar sofrer um segundo golo do que em procurar o empate.

24' Cabeceamento de Freire, na sequência de um pontapé livre, muito ao lado ao alvo. Foi o primeiro remate do Vitória na partida.

22' Bom futebol praticado pelos dragões até ao momento, a dominarem por completo a equipa vimaranense, muito abaixo das suas potencialidades até ao momento.

19' Douglas nega o golo a Jackson! O colombiano, novamente servido por Izmailov, faz a diagonal e fica isolado, mas ao tentar colocar a bola no poste mais distante atirou para grande defesa do guarda-redes.

18' Fora de jogo duvidoso assinalado a Jackson Martínez, num lance em que o colombiano ficou completamente isolado. Lance de difícil análise.

15' GOLO DO FC PORTO! MANGALA FAZ O 0-1! Tremendo poder de impulsão de Mangala na grande área do Vitória, após canto de Moutinho, a cabecear de forma fulminante para o fundo das redes. São já quatro os golos apontados esta época pelo francês.

13' Douglas evita o golo! Remate forte de Varela, após passe de Lucho, para o brasileiro defender para canto.

13' Jackson Martínez, após passe de Otamendi, remata com o pé esquerdo na grande área, mas para defesa fácil de Douglas.

11' FC Porto com 79% de posse de bola, algo justificado pela baixa pressão da equipa do Vitória, que recua a linha intermédia até quase encostar nos centrais quando os dragões atacam.

9' Cartão amarelo para Silvestre Varela, no dia em que completa 28 anos, por pisar David Addy.

8' Fora de jogo mal assinalado (embora de análise à tangente) a Lucho González, numa altura em que o argentino poderia assistir Jackson para o golo.

5' Boa entrada do FC Porto em campo, a pressionar alto os vimaranenses e a estenderem linhas de passe ao longo de todo o meio-campo.

3' Mangala falha por pouco! Na sequência de um livre de Moutinho, a bola foi para o segundo poste e Mangala não conseguiu o desvio por centímetros.

2' Remate cruzado de Jackson Martínez, ao qual Otamendi não chegou por muito pouco.

1' Marco Ferreira apita para o início da partida! Bola para o FC Porto.

V. GUIMARÃES: Douglas Jesus; Alex, Paulo Oliveira, Leandro Freire e David Addy; Siaka Bamba e Tiago Rodrigues; Marco Matias, Barrientos e Ricardo; Amido Baldé.Suplentes: Preto, Josué, Crivellaro, André André, Machis, João Ribeiro e Jona.

FC PORTO: Helton; Danilo, Otamendi, Mangala e Alex Sandro; Fernando, João Moutinho e Lucho González; Silvestre Varela, Izmailov e Jackson Martínez. Suplentes: Fabiano, Abdoulaye, Maicon, André Castro, Tozé, Liedson e Sebá.

O FC Porto enfrenta neste sábado, a partir das 20.30, o Vitória de Guimarães, com o objetivo de assegurar três pontos e a liderança antes de o Benfica disputar um jogo - teoricamente - bem mais acessível, frente ao Vitória de Setúbal, na Luz. Avizinham-se, porém, dificuldades para os dragões, muito desfalcados no ataque, diante de um Vitória que também tem baixas de peso (Soudani, El Adoua e N'Diaye estão no CAN), mas que tem surpreendido nas últimas semanas com a aposta em vários "miúdos".

As deslocações ao D. Afonso Henriques são tradicionalmente difíceis, mas os dragões já não perdem na condição de visitantes desde 2004, ano em que o inspirado Nuno Assis, com dois golos, atirou o FC Porto, campeão europeu, para fora da Taça de Portugal. Desde então, seis vitórias portistas e um empate, em 2010, ainda que o único triunfo de Vítor Pereira no D. Afonso Henriques tenha sido sofrido - um penálti de Hulk decidiu o jogo. Os portistas estão invictos no campeonato, mas o Vitória não perde há oito partidas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG