FC Porto goleou União num passeio fácil à Madeira

Primeira vitória de Lopetegui em deslocações à ilha. Osvaldo foi titular mas acabou expulso

ONZES OFICIAIS:

U. MADEIRA:

Treinador: Norton de Matos

FC PORTO: Casillas: Maxi, Indi, Marcano e Layún; Danilo, Herrera, André André; Corona, Osvaldo e Brahimi.

Treinador: Julen Lopetegui

O jogo chegou a estar em risco, outra vez devido ao nevoeiro na Choupana, mas à última hora a bruma levantou e o FC Porto arrancou para uma vitória tranquila (4-0) sobre o União da Madeira. Aos 23 minutos, já o jogo estava mais do que sentenciado, com a equipa de Lopetegui a vencer por 3-0 e a assegurar o fim do jejum de vitórias na ilha, que durava dois anos e meio. Para o treinador espanhol, foi mesmo uma estreia a ganhar na Madeira, à quinta tentativa.

O mexicano Herrera, recém-coroado Dragão d'Ouro, abriu o marcador de cabeça, na área, aos 12', com a ajuda de um desvio da bola num defesa contrário. O argelino Brahimi aumentou dois minutos depois, aos 14'. Outro mexicano, Corona, sentenciou a partida aos 23', quando um cruzamento mal tirado acabou por se transformar num golaço, com a bola a entrar no canto superior direito da baliza do jovem André Moreira.

A partir dali o FC Porto só precisou de gerir a marcha do cronómetro, tranquilamente. Nem mesmo a expulsão do argentino Pablo Osvaldo (surpreendente titular), a quinze minutos do fim, por uma entrada que o árbitro Bruno Paixão considerou violenta sobre um adversário, causou qualquer instabilidade nos portistas, que mesmo a jogar com dez ainda marcaram mais um golo, por Danilo, já no tempos de compensação.

A vitória permite ao FC Porto ficar a apenas dois pontos do Sporting na frente, acertado que fica o calendário dos dragões - este embate era relativo à 9.ª jornada, tendo sido adiado na altura pelo facto do avião que transportava o FC Porto ter sido desviado para o Porto Santo, devido ao vento que se fazia sentir no aeroporto do Funchal.

Já esta temporada também o jogo União da Madeira-Benfica foi adiado (está marcado para o próximo dia 23), devido ao nevoeiro na Choupana.

Exclusivos