Jackson Martínez continua em dúvida para o Arouca

O colombiano Jackson Martinez ainda não está totalmente recuperado da lesão sofrida num ombro, pelo que continua em dúvida para o jogo frente ao Arouca, que marcará a estreia de Luís Castro à frente da equipa principal dos azuis-e-brancos.

O avançado não foi opção para a selecção da Colômbia no encontro de quarta-feira frente à Tunísia (1-1), num jogo em que Quintero, seu colega de equipa no Futebol Clube do Porto, foi suplente não utilizado.

James Rodriguez, ex-atleta dos dragões, apontou o golo dos "Cafeteros".

Segundo explicou Carlos Ullua, médico da seleção colombiana, Jackson "tem algumas dores e não consegue fazer certos movimentos".

Os campeões nacionais treinaram-se nesta quinta-feira à porta fechada, naquela que foi a primeira sessão sem Paulo Fonseca no comando da equipa.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.