Hulk apanha quatro meses de castigo

O avançado do FC Porto vai poder voltar a jogar a 20 de Abril, estando disponível para os três últimos jogos da Liga (V. Setúbal, Benfica e U. Leiria). Sapunaru, que já regressou à Roménia, foi punido com seis meses de suspensão.

A Comissão Disciplinar da Liga vai anunciar esta tarde um castigo de quatro meses ao portista Hulk, que assim poderá jogar os três últimos jogos da Liga, uma vez que pode voltar a jogar no dia 20 de Abril, regressando assim diante do V. Setúbal, podendo ainda defrontar o Benfica e a U. Leiria.

No entanto, o castigo mais pesado foi aplicado ao romeno Sapunaru, que foi emprestado pelo FC Porto ao Rapid Bucareste, ficando suspenso por seis meses, uma pena que não irá cumprir na Roménia.

Ricardo Costa, presidente da Comissão Disciplinar da Liga, já anunciou que, ainda no âmbito deste processo, o Benfica foi multado em 1500 euros, enquanto Helton, guarda-redes do FC Porto, viu o seu processo por alegada agressão ser arquivado.

A disciplina da Liga demorou dois meses a decidir este caso, relacionado com os incidentes registados no túnel do Estádio da Luz, ocorrido no final do Benfica-FC Porto, disputado a 20 de Dezembro.

A Comissão Disciplinar da Liga convocou uma conferência de imprensa para as 15.30, na sede do organismo, no Porto, para anunciar e prestar os esclarecimentos sobre os castigos aos dois jogadores do FC Porto.

Ler mais

Exclusivos