Herrera castigado com dois jogos de suspensão

Mexicano falha jogos com Feirense e Vitória de Guimarães, devido ao vermelho por cotovelada em jogador do Paços de Ferreira

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol decidiu aplicar dois jogos de castigo ao médio mexicano do FC Porto Hector Herrera, expulso perto do final do jogo da Taça da Liga em Paços de Ferreira, no passado dia 30, que os dragões venceram por 3-2.

O jogador portista atingiu o pacense André Leal, aos 88 minutos, com o cotovelo, e viu o vermelho direto ser-lhe mostrado pelo árbitro Bruno Esteves.

Herrera falha assim a deslocação ao campo do Feirense (16.ª jornada da I Liga), esta quarta-feira, e a receção ao Vitória de Guimarães (17.ª), no próximo domingo.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

Compreender Marques Mendes

Em Portugal, há recorrentemente espaço televisivo para políticos no activo comentarem notícias generalistas, uma especificidade no mundo desenvolvido. Trata-se de uma original mistura entre comentário político e espaço noticioso. Foquemos o caso mais saliente dos dias que correm para tentar perceber a razão dessa peculiaridade nacional. A conclusão é que ela não decorre da ignorância das audiências, da falta de especialistas sobre os temas comentados, ou da inexistência de jornalistas capazes. A principal razão é que este tipo de comentário serve acima de tudo uma forma de fazer política.