FC Porto vence Shakhtar Donetsk (2-1)

Golos de Hulk e Kléber permitem estreia vitoriosa para o FC Porto. Shakhtar Donetsk terminou a partida a jogar com nove. Dragões voltam a acertar três vezes no ferro da baliza adversária.

O FC Porto venceu hoje o Shakhtar Donetsk, no Estádio do Dragão, por 2-1, em jogo da primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

A vitória azul e branca, apesar de categórica, não foi fácil de alcançar. Logo aos oito minutos de jogo, Hulk dispôs de uma grande penalidade, mas acertou em cheio no poste direito da baliza ucraniana. Minutos antes, o brasileiro já tinha acertado na trave, com a bola a sofrer ainda um desvio em Kléber.

Os adeptos do FC Porto apanharam um grande susto quando, ao minuto 12, Helton falhou e entregou o golo inaugural da partida a Luiz Adriano. A partir daqui, só deu FC Porto e 'tiki-taka' no Dragão.

Hulk redimiu-se do penálti falhado e, 28 minutos, atirou de forma violentíssima para o empate, na conversão de um livre directo, a 30 metros da baliza. Antes do intervalo, Raktiskiy foi expulso, por uma entrada violenta sobre Moutinho.

Na segunda parte o FC Porto dominou por completo, com James Rodríguez em destaque. O mérito do segundo golo portista (51') é do colombiano, que serviu Kléber de bandeja para o 2-1 final.

Antes do final da partida, James ainda acertou mais uma vez na trave e Chygrynskiy foi expulso na recta final da partida.

- 90+3' FINAL DO JOGO.

- 88' O FC Porto tem a partida controlada e já poderia ter chegado ao terceiro golo. O Shakhtar defende com os nove jogadores.

- 81' Bola na barra da baliza do Shakhtar! James bateu um livre directo, mas a bola foi directa à barra.

- 80' é expulso na equipa do Shakhtar, por uma entrada dura sobre Djalma. Os ucranianos jogam com nove unidades.

- 78' Substiuição no FC Porto. Sai Hulk, muito aplaudido, e entra Varela.

- 74' Defour falha o terceiro golo do FC Porto. O médio belga surgiu ao segundo poste, mas disparou à malha lateral.

- 68' Substituição na equipa do FC Porto. Saiu Kléber e entrou Djalma.

- 65' Enorme exibição de James Rodríguez no Dragão. O atacante colombiano está a brilhar ao mais alto nível. Só falta mesmo o golo...

- 60' Substituição no FC Porto. Sai Fernando e entra Belluschi. O FC Porto está a fazer uma exibição de grande nível no segundo tempo, a trocar a bola como quer.

- 51' GOLO DO FC PORTO! Marca Kléber! Jogada fenomenal de James Rodríguez, que fez uma assistência perfeita para Kléber, que só teve de encostar para o 2-1.

-INÍCIO DA SEGUNDA PARTE. Bola para o FC Porto, que procura o golo da vitória.

- INTERVALO NO DRAGÃO. Depois de uma entrada infeliz em campo (penálti desperdiçado por Hulk e 'frango' de Helton), o FC Porto superiorizou-se ao Shakhtar, que vai jogar com dez jogadores na segunda parte. Hulk, autor de um golão, James e Moutinho têm sido os principais destaques na partida.

- 41' Substituição no Shakhtar. Saiu Eduardo, um avançado, e entra Kucher, defesa central.

- 40' Cartão vermelho para o Shakhtar. Raktiskiy é expulso, após uma entrada violentíssima sobre Moutinho.

- 38' O FC Porto está, finalmente, a dominar o Shakhtar e procura a vantagem no Dragão. Moutinho, Defour, James e Hulk estão a fazer enormes exibições.

- 34' Cartão amarelo para Srna, do Shakhtar, e para Álvaro Pereira, do FC Porto.

- 32' Remate fortíssimo de Hulk, para mais uma grande defesa de Rybka.

- 31' Cartão amarelo para Chygrynskiy, por falta sobre Hulk

- 28' GOLO DO FC PORTO! É um golo fenomenal de Hulk! Pontapé livre do avançado brasileiro, a 30 metros da baliza, com a bola a entrar como um míssil na baliza do Skakhtar.

- 26' Golo (bem) anulado ao Shakhtar, por fora de jogo de Eduardo. Luiz Adriano protestou e viu o cartão amarelo.

- 23' O Shakhtar mostra porque é que ganhou a Liga Europa em 2009, ao assinar uma boa exibição colectiva no Dragão. Os pupilos de Vitor Pereira tentam chegar à baliza adversária, mas a única ocasião de golo até aqui foi mesmo o penálti de Hulk.

- 15' O FC Porto está completamente desconcentrado em campo, a falhar inúmeros passes e sem conseguir rematar à baliza do Shakhtar.

- 12' GOLO DO SHAKHTAR! É um frango inacreditável de Helton! Uma falha tremenda do guardião brasileiro, que permitiu um golo impensável a Luiz Adriano.

- 8' Hulk desperdiça a grande penalidade! O avançado brasileiro acertou em cheio no poste direito da baliza do Shakhtar.

- 8' Penálti para o FC Porto! James foi derrubado na grande área do Shakhtar.

- 5' Bola na barra da baliza do Shakhtar! Hulk rematou forte, a bola bateu em Kléber e bateu no ferro da baliza da equipa ucraniana.

- 3' Jogo dividido no Dragão, com as duas equipas a procurarem chegar à baliza adversária.

- INÍCIO DO JOGO. Sai a jogar o Shakhtar.

- As duas equipas já se encontram alinhadas no relvado.

- Já se houve o hino da Liga dos Campeões no Dragão, onde as duas equipas aquecem no relvado.

- O Shakhtar promete criar dificuldades ao FC Porto. Nos últimos cinco jogos fora de portas nas competições da UEFA, a equipa ucraniana venceu três. Nos restantes dois jogos, foi goleado, por 5-1, frente a Arsenal e Barcelona.

- O alemão Felix Brych vai dirigir a partida. Espera-se uma moldura humana de cerca de 40 mil adeptos portistas.

- O Shakhtar alinha com: Rybka; Srna, Rat, Chygrynskiy e Rakitskiy; Mkhitaryan, Fernandinho, Jadson e Willian; Luiz Adriano e Eduardo.

- Os dragões vão jogar com: Helton; Fucile, Otamendi, Maicon, Álvaro Pereira; Fernando, Moutinho, Defour; Hulk, James, Kléber.

- O FC Porto defronta hoje os ucranianos do Shakhtar Donetsk, em jogo da primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, no Estádio do Dragão.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Bernardo Pires de Lima

Os europeus ao espelho

O novo equilíbrio no Congresso despertou em Trump reações acossadas, com a imprensa e a investigação ao conluio com o Kremlin como alvos prioritários. Na Europa, houve quem validasse a mesma prática. Do lado democrata, o oxigénio eleitoral obriga agora o partido a encontrar soluções à altura do desafio em 2020, evitando a demagogia da sua ala esquerda. Mais uma vez, na Europa, há quem esteja a seguir a receita com atenção.

Premium

Rogério Casanova

O fantasma na linha de produção

Tal como o desejo erótico, o medo é uma daquelas emoções universais que se fragmenta em inúmeras idiossincrasias no ponto de chegada. Além de ser contextual, depende também muito da maneira como um elemento exterior interage com o nosso repositório pessoal de fobias e atavismos. Isto, pelo menos, em teoria. Na prática (a prática, para este efeito, é definida pelo somatório de explorações ficcionais do "medo" no pequeno e no grande ecrã), a coisa mais assustadora do mundo é aparentemente uma figura feminina magra, de cabelos compridos e desgrenhados, a cambalear aos solavancos na direcção da câmara. Pode parecer redutor, mas as provas acumuladas não enganam: desde que foi popularizada pelo filme Ring em 1998, esta aparição específica marca o ponto em filmes e séries ocidentais com tamanha regularidade que já se tornou uma presença familiar, tão reconfortante como um peluche de infância. É possível que seja a exportação japonesa mais bem-sucedida desde o Toyota Corolla e o circuito integrado.

Premium

Maria do Rosário Pedreira

Adeus, futuro. O fim da intimidade

Pelo facto de dormir no quarto da minha irmã (quase cinco anos mais velha do que eu), tiveram de explicar-me muito cedo por que diabo não a levavam ao hospital (nem sequer ao médico) quando ela gania de tempos a tempos com dores de barriga. Efectivamente, devia ser muito miúda quando a minha mãe me ensinou, entre outras coisas, aquela palavra comprida e feia - "menstruação" - que separava uma simples miúda de uma "mulherzinha" (e nada podia ser mais assustador). Mas tão depressa ma fez ouvir com todas as sílabas como me ordenou que a calasse, porque dizia respeito a um assunto íntimo que não era suposto entrar em conversas, muito menos se fossem com rapazes. (E até me lembro de ter levado uma sapatada na semana seguinte por estar a dizer ao meu irmão para que servia uma embalagem de Modess que ele vira no armário da casa de banho.)