Dragões multados escapam a jogos à porta fechada

O Conselho de Disciplina aplicou uma multa aos dragões na sequência da invasão de campo por parte de um adepto que empurrou Pizzi

O FC Porto foi multado em 2.869 euros pela entrada de um adepto no relvado durante o encontro com o Benfica (0-0), anunciou esta quarta-feira o Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Já perto do final da partida, da 13.ª jornada da I Liga, a 1 de dezembro, aquando de um incidente junto do banco do Benfica, um adepto entrou no campo e empurrou o jogador benfiquista Pizzi.

Os 'dragões' foram punidos ao abrigo do artigo 182.º do Regulamento Disciplinar da Liga de clubes, que apenas prevê jogos à porta fechada em caso de lesões graves impostas ao agredido, algo que não se verificou neste caso.

Devido ao comportamento dos seus adeptos nesse jogo, o FC Porto foi ainda multado em mais 5.318 euros, enquanto o Benfica terá de pagar, pelo mesmo motivo, 3.253 euros.

Ler mais

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.