Corona desculpa Lopetegui pelos maus resultados

Mexicano diz que a culpa é de todos, incluindo jogadores: "Não estávamos a fazer bem o nosso trabalho."

Para Jesus Corona a culpa pelos maus resultados do FC Porto foi dos jogadores e agradeceu a Lopetegui. "A equipa está bem, claro que está um pouco desagradada com o que se passa no clube. O treinador saiu, mas estamos muito agradecidos porque nos ensinou muitas coisas. Infelizmente, os resultados não corresponderam e a culpa é de todos, não estávamos a fazer bem o nosso trabalho. O clube tomou a decisão e agora há que reagir, virar a página e seguir em frente. A vida é assim", afirmou o jogador, em entrevista ao programa televisivo mexicano Jugando Claro.

A vitória sobre o Boavista (5-0) deu ânimo aos dragões: "A equipa precisava disto. Frente ao Boavista correu tudo bem e agora há que desfrutar e continuar a trabalhar para somar estes pontos." Nesse jogo Corona marcou um grande golo. "Recebi a bola e queria passar. Vi que não tinha muito espaço, por isso driblei e, graças a Deus, saiu tudo bem, assim como o remate", explicou.

E disse que quer continuar a jogar ao lado de Herrera, que anda muito cobiçado: "Claro que quero que ele fique, mas ele deve seguir os seus sonhos. Obviamente que gostava de estar com ele e com mais mexicanos na equipa. Há que desfrutar deste momento e procurar que o FC Porto seja melhor."

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).