Brahimi eleito o Melhor Jogador Africano do Ano pela BBC

Yacine Brahimi, que ficou de fora dos finalistas para o prémio de melhor jogador africano de 2014 da CAF, recebeu nesta segunda-feira o prémio da BBC para o Melhor jogador africano de 2014.

O médio de 24 anos do FC Porto foi eleito o melhor jogador africano de 2014 pela BBC, através de uma votação online. O jogador argelino sucede a Yaya Toure, do Manchester City, que venceu o prémio em 2013.

Yacine Brahimi recebeu o prémio nesta segunda-feira e em delcarações à BBC Sport disse: "É uma grande honra receber este troféu. Devo-o ao meu país, Argélia, e a todos os que votaram em mim."

A BBC registou votos de adeptos de 207 países reconhecidos pela FIFA, que fizeram com que Brahimi superasse o nigeriano Vincent Enyema, Pierre-Emerick Aubameyang, do Gabão, e o costa-marfinense Yaya Toure.

"Este troféu vai dar-me mais força e vontade de trabalhar para melhorar, aprender e assim continuar a fazer grandes exibições", afirmou o médio do FC Porto.

Brahimi recebeu este prémio no dia em que ficou a saber que não integra a lista dos cinco finalistas para o prémio de melhor jogador africano 2014 da Confederação Africana de Futebol.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.