"Acreditamos que o Sérgio Conceição vai continuar connosco"

Diretor-geral para o futebol abre porta à renovação com o técnico, que tem mais um ano de contrato

Sérgio Conceição é a figura central do regresso do FC Porto aos títulos e isso é reconhecido pela própria administração. Em entrevista ao jornal O Jogo, o diretor-geral portista Luís Gonçalves admite que "é fundamental manter Sérgio Conceição".

O técnico assinou contrato por dois anos, até 2019, mas também é pretendido por alguns clubes no exterior, entre eles o Inter de Milão. Luís Gonçalves diz acreditar que o técnico vai continuar e manifesta mesmo o desejo em vê-lo prolongar a ligação ao FC Porto por muito anos. "Tem contrato de dois anos e, portanto, acreditamos que vai continuar connosco. Gostaríamos que ele continuasse por mais anos", referiu o dirigente.

Luís Gonçalves destacou o facto de Sérgio Conceição ter trazido ao FC Porto "uma dinâmica completamente diferente". "O FC Porto sempre foi uma família, mas hoje é muito mais do que isso. E isso é muito por mérito do Sérgio e do presidente, que o soube escolher".

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.