A pior derrota de sempre do FC Porto em casa

Unidos de Lisboa e Belenenses já tinham marcado seis golos no terreno dos azuis e brancos mas venceram por quatro tentos de diferença.

O que aconteceu no Dragão diante do Liverpool foi, tão somente, a pior derrota em casa da história do FC Porto. Os azuis e brancos já tinham sofrido desaires humilhantes na condição de anfitriões e, inclusivamente, sofreram em 1942/43 seis golos dos Unidos de Lisboa (2-6), mais seis do Belenenses em 1944/45 (2-6), mas por cinco golos de diferença esta foi mesmo a pior derrota do FC Porto diante dos seus adeptos.

Na era do Estádio do Dragão a derrota mais humilhante foi diante do Nacional, na época 2004/05.

No que diz respeito a resultados negativos na Europa, mas fora de casa, há a realçar as partidas com AEK Atenas (1-6, época 78/79), PSV (0-5, 88/89), Arsenal (0-5, 09/10), Bayern (1-6, 14/15). Por falar em derrotas, há 24 jogos que os azuis e brancos não perdiam. A última vez foi em Leipzig no passado mês de outubro.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...