FIFA pode proibir dragões de contratar jogadores

Bloomberg noticia que o FC Porto e a Doyen Sports estão a ser investigados pela transferência de Mangala para o City.

O FC Porto corre o risco de ser multado ou ficar proibido de contratar jogadores, segundo noticia a agência Bloomberg, que revela que a FIFA está a investigar os dragões e o papel do fundo Doyen Sports na transferência de Mangala para o Manchester City.

Em causa está um dos documentos divulgados pela "Football Leaks", no qual o FC Porto terá autorizado a Doyen Sports a negociar em nome do clube. Porém, as regras da FIFA proíbem que terceiras partes (a Doyen detinha 33,33% do passe na altura) influenciem transferências entre clubes.

Nélio Lucas, responsável pela Doyen Sports, e o FC Porto terão recusado prestar comentários, segundo garante a Bloomberg. Os dragões incorrem, agora, num risco de suspensão.

"Se o comité disciplinar da FIFA decidir que o FC Porto quebrou as regras, o clube pode ser multado ou proibido de contratar jogadores", noticia a agência.

Mangala foi transferido em 2014 para o Manchester City, negócio pelo qual os "citizens" pagaram 30,5 milhões de euros ao FC Porto por 56,67% do passe. Não foram divulgados por nenhuma das partes pormenores sobre a restante percentagem.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG