FIFA investiga transferências de Walter e Hulk

Organismo que rege o futebol mundial vai investigar todas as transferências intermediadas por Juan Figer, empresário dos dois brasileiros.

A FIFA vai analisar as transferências de alguns jogadores do Clube Atlético Rentistas, equipa uruguaia na qual muitos jogadores são inscritos antes de se transferirem para o futebol europeu, mas que não chegam sequer a jogar. Hulk e Walter, do FC Porto, constituem dois dos casos.

"A comissão de disciplina da FIFA vai analisar todas as transferências relacionadas com o agente de jogadores de futebol Juan Figer, já que fomos informados de potenciais irregularidades", informou o departamento de comunicação da FIFA, em declarações ao Jornal de Negócios.

Segundo a Bloomberg, as transferências do Clube Atlético Rentistas para o futebol europeu intermediadas por Juan Figer, casos de Walter e Hulk, resultaram num lucro de 56 milhões de euros. A FIFA avisa, contudo, que "ainda não foi aberta nenhuma investigação oficial, logo, quaisquer consequências disciplinares são especulativas", apontou.

Hulk, recorde-se, jogou nos japoneses do Tokyo Verdy em 2008, antes de ingressar nos dragões, mas metade do seu passe foi adquirido ao Clube Atlético Rentistas, a troco de 5,5 milhões de euros. Posteriormente, em maio de 2011, o FC Porto adquiriu mais 40% por 13,5 milhões de euros. Walter, por sua vez, jogava no Internacional e foi adquirido por 5.75 milhões de euros, pagos ao Rentistas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG