"FC Porto tem de voltar a vencer", afirma Evandro

Médio brasileiro contratado ao Estoril diz que a concorrência no plantel dos dragões é saudável e elogia a exigência do técnico Julen Lopetegui.

O futebolista Evandro, médio que esta época chegou para reforçar o FC Porto, garantiu esta terça-feira que a equipa "tem de voltar a vencer" e salientou que "quem estiver mais concentrado será campeão" nacional.

O jogador, contratado ao Estoril, desvalorizou o facto de haver vários jogadores para ocupar a mesma posição, esclarecendo que essa situação pode ser positiva.

"O facto de haver tantos jogadores para a mesma posição, levando a que haja uma grande competitividade, tem um lado bom, porque quem ganha com isso é a equipa, empenhada em levar o clube ao sucesso. O FC Porto tem de voltar a vencer", referiu Evandro antes do início do treino matinal realizado no Centro de Treinos do Olival.

O brasileiro defendeu ainda que FC Porto, Benfica e Sporting estarão na linha da frente dos candidatos à conquista do título e revelou o segredo para a conquista do título nacional.

"Vai ser uma competição muito equilibrada. Os grandes são os favoritos a vencer o campeonato. A equipa que errar menos e estiver mais concentrada será campeã", antecipou o reforço dos dragões.

Em relação ao novo técnico, Julen Lopetegui, o médio portista já tem uma opinião formada sobre o espanhol: "É exigente, mas aqui no FC Porto é para ganhar e, portanto, tem de ser dessa forma. É um treinador que valoriza o profissionalismo, quer que joguemos de forma rápida ao nível da circulação de bola, o que será mais difícil para a tarefa do adversário. A exigência tem sido grande".

Evandro revelou-se ainda "muito feliz" por representar os azuis e brancos, e prometeu muita motivação dentro das quatro linhas.

"A minha primeira avaliação é maravilhosa, sinto uma satisfação enorme por estar aqui, era aquilo que eu sempre almejei. Estar no FC Porto representa o concluir de um esforço e agora quero responder dentro do campo à motivação de sinto", afirmou ainda.

No treino matinal da equipa azul e branca a ausência mais notada foi a do técnico Julen Lopetegui. Nos 15 minutos da sessão abertos à comunicação social, o treinador espanhol não esteve no relvado junto com o plantel.

Os trabalhos do grupo, orientados pelo adjunto Julen Calero, consistiram, essencialmente, na recuperação física dos atletas, que na véspera golearam o Valadares, num jogo de preparação, por 9-0.

Para as 17.00 está agendado novo treino, desta feita à porta fechada.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG