Defour disponível para terminar carreira no Dragão

O médio belga, que tentou abandonar o plantel, na altura, orientado pelo técnico Paulo Fonseca, mostrou que a sua motivação nos azuis e brancos está renovada desde a mudança na equipa técnica.

"Se eu ficar no FC Porto toda a minha carreira, continuarei muito feliz", afirmou o 'camisola 35' dos dragões, que falou também de algumas mudanças no seu caráter.

"Costumava fazer planos de carreira na minha cabeça, propunha-me a superar barreiras, mas agora já não o faço, pois há sempre algo imprevisível a surgir pelo meio. Agora, vivo o dia a dia e espero para ver o que acontece", revelou o antigo jogador do Standard Liège, em declarações ao jornal belga Het Nieuwsblad.

Defour confessou que no último mercado de inverno esteve muito perto de se transferir para Londres, para representar o Fulham. "Era uma proposta muito boa para mim. Depois, o Fulham apresentou outra ao FC Porto, mas foi recusada, pois acreditaram que o meu futuro era aqui", concluiu.

Após vários manifestações públicas da sua intenção em deixar o Dragão, de modo a jogar regularmente antes do Mundial 2014, Defour conquistou a titularidade com Luís Castro, ele que tem contrato por mais duas épocas e uma cláusula de rescisão de 50 milhões de euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG