Antero Henrique suspenso um mês falha clássico na Luz

Castigo do Conselho de Disciplina pelos incidentes no túnel do Dragão, no final do jogo com o U. Leiria

O diretor-geral da FC Porto SAD, Antero Henrique, foi castigado com um mês de suspensão e 1500 euros de multa na sequência dos incidentes ocorridos com o diretor desportivo do U. Leiria, Rodolfo Vaz, no túnel do Estádio do Dragão, após o final do jogo entre as duas equipas no domingo passado. Com esta sanção, o dirigente portista, presença habitual no banco, não poderá estar no clássico Benfica-FC Porto, na Luz, a 2 de março.

Além de Antero Henrique, o Conselho Disciplinar da FPF puniu com igual medida o diretor de Comunicação do FC Porto, Rui Cerqueira, e ainda o diretor Desportivo da SAD leiriense, Rodolfo Vaz, que, recorde-se, foi quem denunciou publicamente os incidentes, queixando-se de ter sido ameaçado pelo dirigente portista.

Exclusivos