FC Porto empata com a Roma e complica contas da Champions

Os dragões estiveram a perder devido a um autogolo de Felipe e o melhor que conseguiu foi empatar através de um penálti de André Silva

O FC Porto ficou esta quarta-feira com a missão mais complicada na luta por um lugar na fase de grupos da Liga dos Campeões ao empatar 1-1 com a Roma, no Estádio do Dragão.

Os dragões foram surpreendidos pelos italianos no primeiro tempo, pois a equipa de Luciano Spaletti chegou à vantagem graças a um autogolo de Felipe, mas a verdade é que podia ter conseguido uma vantagem maior, pois dispôs de várias oportunidades claras para voltar a marcar.

Em cima do intervalo, os romanos viram Vermaelen ser expulso por duplo amarelo e pouco depois os dragões ficaram a pedir penálti num lance em que Emerson Palmieri cortou a bola com o braço.

No segundo tempo, o árbitro viu finalmente uma mão de Emerson Palmieri, um penálti cobrado por André Silva, que restabeleceu o empate, culminando uma entrada a todo o gás do FC Porto. Os dragões bem podiam ter dado a volta ao resultado, mas a Roma acaba por conservar o empate.

Na segunda mão, dentro de uma semana, o FC Porto está obrigado a vencer ou a empatar por dois ou mais golos no Olímpico de Roma se quiser atingir a fase de grupos da Champions.

As duas equipas alinharam da seguinte forma:

FC Porto: Casillas; Maxi Pereira, Marcano, Felipe, Alex Telles; Danilo Pereira, Herrera; Adrián López, André André, Otávio; André Silva.

Roma: Alisson; Florenzi, Manolas, Vermaelen, Juan Jesus; Nainggolan, Perotti, De Rossi, Strootman, Salah; Dzeko.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG