Fábio Vieira nem era para ser titular e acabou por ser o herói do dérbi

FC Porto venceu esta noite o Boavista na 27.ª jornada da I Liga (1-0) e recuperou a vantagem de seis pontos para o Sporting.

Fábio Vieira nem era para jogar (de início) e acabou por ser o herói do jogo ao apontar o golo que deu o triunfo ao FC Porto no Bessa (1-0), na 27.ª jornada da I Liga, que permitiu aos dragões manterem os seis pontos de vantagem para o Sporting.

O médio entrou no onze depois de se saber que Taremi tinha testado positivo à covid-19 e não ia poder jogar e decidiu o dérbi portuense com um golo aos 32 minutos. Foi ainda protagonista de uma grande penalidade no segundo tempo, mas chamado a marcar, Ivanilson viu Bracali brilhar ao mais alto nível para impedir o golo da tranquilidade portista.

"Sou mais um para ajudar. Podia ser o Taremi ou outro qualquer, mas fui eu o escolhido. Tinha de dar o máximo pela equipa e nunca pelo individual. Estou muito feliz ppr ter feito o golo da vitória", confessou Fábio Vieira, no final do jogo, que ficou ainda marcado por um choque de cabeça, que obrigou Pepê a sair de maca e ser substituído.

O triunfo de hoje no Bessa foi o 55.º jogo sem perder na I Liga (44 vitórias e 11 empates), ficando a um do recorde do campeonato (56), na posse do Benfica desde 1978-79.

Com esta vitória, o FC Porto comanda com 73 pontos, mais seis do que o Sporting, campeão em título e segundo classificado, enquanto o Boavista fecha a ronda no 13.º posto, com 27 pontos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG