Ronaldo tem o pior aproveitamento de livres da história dos Europeus

CR7 é o jogador que mais livres diretos bateu em toda a história dos Europeus, mas nunca marcou desta forma

Cristiano Ronaldo farta-se de rematar - foram já 20 tentativas neste Europeu, mais do que nove seleções -, mas continua sem marcar no Euro 2016. E a avaliar pela história, as bolas paradas dificilmente deixarão CR7 mais perto de o fazer.

Apesar de ser autor de alguns dos mais belos golos de livre direto do século XXI, Cristiano Ronaldo tem o pior aproveitamento na marcação de livres de toda a história dos Europeus.

O capitão da seleção nacional, desde a sua estreia no Euro 2004, já tentou bater 34 livres diretos, mas nunca marcou desta forma. Ou a bola bate na barreira, ou vai por cima, ou o guarda-redes defende.

Nunca um jogador bateu tantos livres. O segundo nome da lista é o ex-futebolista romeno Hagi, que teve 27 tentativas e também nunca marcou. Michel Platini fecha o pódio, com dois golos em 25 remates.

Cristiano Ronaldo continua a insistir na marcação de bolas paradas, mas livres e Europeus não têm coexistido na carreira do goleador.

O penálti falhado frente à Áustria esteve em foco e foi o 19.º desperdiçado por Cristiano Ronaldo em toda a carreira. O avançado já bateu 117 penáltis na sua carreira (inclusive em desempates por grandes penalidades) e tem um aproveitamento de 82,7%.

Curiosamente, na marcação de penáltis Lionel Messi também já falhou 19 tentativas, mas bateu menos do que CR7: 87.

O penálti de CR7 frente à Áustria foi o 64.º assinalado em Europeus e o 17.º que não acabou em golo.

Exclusivos

Premium

Contratos públicos

Empresa que contratava médicos para prisões não pagou e sumiu

O Estado adjudicou à Corevalue Healthcare Solutions, Lda. o recrutamento de médicos, enfermeiros, psicólogos e auxiliares para as prisões. A empresa recrutou, não pagou e está incontactável. Em Lisboa há mais de 30 profissionais nesta situação e 40 mil euros por pagar. A Direção dos Serviços Prisionais diz nada poder fazer.