Promoção do mês: um corte de cabelo à Ronaldo por 16 euros

Isabel Fernandes, portuguesa nascida em França e cabeleireira há 32 anos, resolveu anunciar na montra uma promoção especial para o Europeu

Em Marcoussis, pequena localidade situada, sensivelmente, a 30 quilómetros a sul de Paris, o dia-a-dia tem sido alterado com a presença da seleção portuguesa de futebol, que aqui montou o seu quartel-general durante o Europeu de futebol.

No centro de Marcoussis, junto à Mairie [Câmara Municipal], até um cabeleireiro masculino alterou a sua dinâmica com a proximidade das estrelas lusitanas e agora anuncia na montra cortes de cabelo à Cristiano Ronaldo, por 16 euros. Entramos, curiosos, e percebemos que a proprietária é portuguesa.

"Nasci cá, mas sou filha de portugueses de Melgaço e sou cabeleireira há 32 anos", conta ao DN Isabel Fernandes num português perfeito, sem ponta de pronúncia gaulesa.

E, afinal, o corte à Ronaldo é um sucesso ou não? "Meti aquilo mais por piada do que outra coisa, mas já tive de tirar e voltar a meter porque os franceses começaram a gozar e a dizer que eu queria era ganhar dinheiro à custa do Ronaldo e da seleção. Sabe... eles têm inveja de não terem um jogador tão bonito na seleção deles", explica Isabel, com um sorriso nos lábios.

"Toda a "canalha" pede o corte à Ronaldo, jovens, crianças, muitos até vêm com a fotografia do Ronaldo para eu não me enganar. É um corte moderno", refere a cabeleireira, enquanto desbasta o cabelo a um francês que não esboça a mínima reação.

Mas o que pensa Isabel da qualidade capilar da seleção portuguesa, para lá do capitão Cristiano? É uma seleção bem "penteada" esta? Isabel reage aos modelos que lhe mostramos na máquina fotográfica. "O do Quaresma é muito interessante. Não sei se muitos aceitavam fazer aquele corte, mas seria um desafio por ser curtinho com um risquinho ao meio. O do Eliseu... Ui! Ui! Este é complicado de fazer, e também acho que não ia ter muitos pedidos. Gosto do corte do Nani, é moderno, curtinho dos lados, é dos que gosto mais", avalia.

Mas há mais por mostrar e nem tudo são boas notícias. "O Vieirinha está muito bem, também gosto bastante, mas o André Gomes...conseguia fazer melhor, é um corte um bocadinho antiquado, com o cabelo nos olhos", sublinha, antes de deixar uma sugestão também sobre o cabelo do selecionador Fernando Santos: "Não. Não está na moda, é um corte clássico, fazia-o mais bonito."

Isabel ia vendo os jogadores quando deparou com algo que lhe prendeu a atenção: "Ah! O Anthony Lopes sim. Tem um corte bonito, um corte à moda, degradé, é um penteado mais moderno do que o do Quaresma e que dá imenso trabalho por causa daqueles dois risquinhos", elogia sobre o guarda-redes que, como ela, nasceu em França filho de emigrantes portugueses.

Isabel diz-se pronta a ir ao Centro de Estágio onde a seleção está concentrada, e que não dista mais de um quilómetro do seu cabeleireiro, para cortar o cabelo a Ronaldo ou a qualquer outro jogador ou treinador da seleção. "E faço de borla, sem qualquer custo. Sou portuguesa e gostava que Portugal fosse campeão da Europa em França. E depois não era a primeira vez que teria clientes famosos. Os jogadores de râguebi da seleção francesa vêm ao meu cabeleireiro, esperam a sua vez e são muito simpáticos", conclui.

Perante isto, basta esperar por um convite da Federação. A solução está a um passo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG