O primeiro "bis" de Quaresma e o 58.º golo de Ronaldo

Goleada à Estónia permitiu a CR7 distanciar-se de Pauleta e aproximar-se da barreira dos 60 golos. Quaresma estreou-se a bisar

Cristiano Ronaldo reforçou o estatuto de melhor marcador da seleção portuguesa de futebol, ao 'bisar' nos 7-0 à Estónia, passando a somar 58 golos, enquanto Ricardo Quaresma chegou aos seis, Éder aos três e Danilo Pereira estreou-se.

A cumprir a 126.ª internacionalização 'AA', que o deixa a apenas uma do recordista Luís Figo, Ronaldo marcou aos 36 e 45 minutos, passando a contar mais 11 tentos do que Pauleta e 17 em relação ao 'rei' Eusébio.

Se Ronaldo reforçou o primeiro lugar, Ricardo Quaresma conseguiu o seu primeiro 'bis', no dia em que completo o jogo 50 pela seleção principal, ao faturar aos 39 e 77 minutos, num dia em que fez ainda duas assistências.

Por seu lado, Éder, que fechou a contagem, aos 80 minutos, somou o terceiro golo, em 26 jogos, mas o segundo nos últimos três jogos, pois, tal como o extremo do Besiktas, o avançado do Lille faturou face à Noruega (3-0).

Quanto a Danilo Pereira, estreou-se a marcar pela formação das 'quinas', quando, aos 55 minutos, deu a melhor sequência, de cabeça, a um canto na direita de Quaresma.

O outro golo da seleção lusa foi apontado na própria baliza por Karol Mets, aos 61 minutos.

O conjunto das 'quinas' cumpriu hoje o último jogo de preparação para a fase final do Euro2016, no qual vai disputar o Grupo F, juntamente com a Islândia, que defronta na terça-feira, em Saint-Étienne, a Áustria e a Hungria.

Exclusivos