Portugal vence Espanha e está nas meias finais do mundial

Seleção nacional recuperou de uma desvantagem de dois golos e levou o jogo para o prolongamento... onde marcou mais dois golos (4-2). Próximo adversário é o Cazaquistão.

Portugal está nas meias finais do mundial de futsal. A seleção nacional venceu esta segunda-feira a Espanha (4-2) e garantiu um lugar entre as quatro melhores do mundo na Lituânia. Nas meias finais vai jogar com o Cazaquistão, que venceu o Irão, por 3-2.

Por vezes é preciso um susto para construir um daqueles resultados que ajudam a ficar na história. Numa reedição da final do último europeu (2018), ganho por Portugal, os espanhóis mostraram claramente o seu espírito de vingança competitiva.

Depois de um remate ao poste de Raúl Campos, Adolfo fez um belo chapéu a Bebé e abriu o marcador a favor de nuestros hermanos. O segundo golo só demorou um minuto. Adri voltou a bater o guarda-redes português e parecia inclinar o jogo para um sentido só. Puro engano.

Só no segundo tempo a equipa portuguesa chegou ao empate. Sem oportunidades flagrantes de golo no primeiro tempo foi preciso alguma sorte e algumas boas intervenções de Bebé para dar a volta ao rumo dos acontecimentos com um golo de André Coelho - lance ainda foi ao vídeoárbitro e motivou queixas dos espanhóis - e outro de Zicky.

O empate premiava o trabalho vindo do banco, onde Jorge Braz recorreu à experiência de Ricardinho, João Matos e Bruno Coelho para dar liberdade criativa a André Coelho e Zicky. Portugal levou assim o jogo para prolongamento, depois de 10 segundos de sufoco espanhol, com 4 cantos e 4 oportunidades de golo.

O prolongamento começou com uma grade defesa de Bebé (mais uma) a evitar o golo da Espanha. A bola acabaria por entrar logo depois, mas na baliza de Portugal. Um autogolo de Raya colocou os campeões europeus em vantagem pela primeira vez.

A perder, os espanhóis arriscaram com a aposta no cinco para quarto e Adri como guarda-redes avançado para a segunda parte do prolongamento... que deixou a baliza aberta para Pany Varela fazer o 4-2 final.

Portugal ficou assim a um degrau apenas da final. O adversário das meias finais é o Cazaquistão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG