Duarte Gomes confirma fim de carreira: "Não saio contra ninguém"

Duarte Gomes, antigo árbitro internacional, anunciou, esta sexta-feira, em conferência de imprensa o seu final da carreira, devido a problemas físicos.

O adeus é "a opção lógica, ponderada e tranquila, depois de 25 anos de uma carreira cheia de sucessos, muitos mais do que poderia imaginar", disse Duarte Gomes. O juiz lisboeta despede-se "depois de esgotadas todas as formas possíveis para tentar estar ao mais alto nível". Desde setembro que não apitava uma partida oficial, devido a lesão.

""Não saio contra ninguém, sempre me dei bem com colegas e dirigentes. Não saio também contra qualquer tipo de sistema. Espero que a arbitragem continue a singrar com outros árbitros jovens. A arbitragem anda sempre na boca do dragão (não é o dragão do FC Porto a que me refiro) e ficamos preocupados quando o ruído dá lugar ao excesso", afirmou o antigo árbitro internacional, numa conferência de imprensa com a presença de presença de José Fontelas Gomes, presidente da APAF e de Pedro Proença, ex-árbitro e atual líder da Direção da Liga de Clubes.

Duarte Gomes, de 43 anos, subiu à primeira categoria em 1997 e ostentava as insígnias da FIFA desde 2002.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG