Divergências contratuais afastam Nápoles e Sérgio Conceição

Clube italiano terá desistido da opção de contratar o técnico português, que também estava hesitante em aceitar convite pelo facto de o clube não estar na Champions.

Divergências de última hora relacionadas com questões contratuais podem ter colocado um ponto final na possibilidade de Sérgio Conceição rumar ao Nápoles, da Serie A italiana. A informação é adiantada esta terça-feira pelo jornal Corrriere dello Sport, que noticiou em primeira mão o interesse dos napolitanos no técnico português.

O diário desportivo italiano conta que as negociações estavam muito adiantadas e que o clube italiano até tinha esperança de apresentar o treinador esta semana - oferecia a Conceição um contrato de duas temporadas e um salário de 5,5 milhões de euros por época. Mas divergências de última hora terão levado o Nápoles a desistir.

Fonte próxima do treinador do FC Porto (termina contrato no final desta época) disse ao DN que diretamente ninguém do Nápoles falou com Sérgio Conceição - o assunto estava a ser tratado pelo empresário Jorge Mendes.

A mesma fonte garantiu ao DN que a hipótese Nápoles nunca preencheu totalmente Sérgio Conceição, que ambiciona treinar um clube que dispute a Liga dos Campeões na próxima temporada.

Para esta semana está prevista uma reunião entre Conceição e Pinto da Costa, que está a fazer tudo para manter o técnico no Dragão. Mas a vontade do treinador parece ser mudar de ares.

O clube italiano, de acordo com a imprensa daquele país, já procura alternativas. Simone Inzaghi, Luciano Spalletti e Christophe Galtier são alguns nomes avançados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG