Kabuscorp perde 11 pontos devido a diferendo com o jogador brasileiro Rivaldo

Em 2015 a FIFA exigiu o pagamento de 750 mil dólares, pelo tempo que o internacional brasileiro jogou no Kabuurscop do Palanca

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Angolana de Futebol (FAF) ordenou a retirada de seis pontos ao Kabuscorp do Palanca na classificação do Girabola, por orientação da FIFA, devido ao diferendo com o antigo internacional brasileiro Rivaldo.

A informação consta de uma nota enviada hoje à Lusa pela FAF, e resulta da reunião extraordinária de 03 de maio, para analisar a decisão remetida pela FIFA no dia anterior, sobre aquele diferendo, envolvendo uma alegada dívida do clube angolano ao atleta brasileiro, que se arrasta há vários anos.

Na decisão do comité desportivo pode ler-se que "são retirados seis pontos ao Kabuscorp do Palanca no Girabola ZAP". Com esta decisão, a equipa treinada pelo português Sérgio Traguil desce para a 11.ª posição do Girabola, com 13 pontos, em 13 jogos.

Em 2015, a FIFA chegou a exigir o pagamento ao atleta, pelo tempo que representou o Kabuscorp do Palanca, por 750 mil dólares, juntamente com uma multa de 23 mil dólares, sob pena de ser despromovido.

Na altura a direção do clube de Luanda alegou que a ausência de Rivaldo em Angola ou de um representante tinha impedido o pagamento atempado da dívida.

Rivaldo jogou no FC Barcelona e foi campeão do mundo pela seleção brasileira, em 2002. Durante a época 2012/2013 jogou pelo Kabuscorp do Palanca, marcando 11 golos em 21 jogos.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG