Depoitre salva Huddersfield e Man. City soma mais recordes

O ex-avançado belga do FC Porto marcou esta quarta-feira o golo que confirmou a manutenção do Huddersfield na liga inglesa, num dia em que o campeão bateu mais três recordes.

O avançado belga aproveitou bem uma saída em falso do guarda-redes Willy Caballero para pôr o Huddersfield em vantagem em casa do Chelsea, aos 50 minutos, mas o espanhol Marcos Alonso fez o empate para os blues aos 62, num lance fortuito, com a bola a bater-lhe na cara, após um alívio de um defesa contrário.

Com este empate, o Huddersfield garantiu matematicamente a manutenção e praticamente selou a despromoção do Swansea, do treinador português Carlos Carvalhal, que na última ronda teria de vencer, esperar que o Southampton perca e recuperar de uma desvantagem de nove golos para os saints.

O empate foi menos positivo para os campeões de 2016/17, que, com uma jornada por disputar, ficaram a dois pontos do Liverpool, ocupante do último lugar de acesso à Liga dos Campeões, para a qual já garantiu a presença o Tottenham, que esta quarta-feira venceu o Newcastle, por 1-0, com o 29.º golo de Harry Kane no campeonato.

Mais vitórias, golos e pontos

Com o português Bernardo Silva a marcar o segundo golo, aos 34 minutos, o campeão Manchester City venceu o Brighton por 3-1, batendo os recordes de vitórias (31), golos (105) e pontos (97) numa só temporada da Premier League, que estavam na posse do Chelsea desde 2019/10.

Os brasileiros Danilo (16 minutos), que já passou pelo FC Porto, e Fernandinho (72) marcaram os outros golos dos citizens, numa partida em que o alemão Leroy Sané fez as três assistências.

O encontro marcou igualmente a despedida do costa-marfinense Yaya Touré do Manchester City, após oito temporadas ao serviço do clube.

Adrien vence Arsenal

Num encontro entre duas equipas com as posições definidas, o Leicester, com Adrien Silva a titular, venceu o Arsenal, por 3-1.

O nigeriano Kelechi Iheanacho (14 minutos), Jamie Vardy (76), de grande penalidade, e o argelino Riyad Mahrez (90) marcaram os golos dos foxes, com o gabonês Pierre-Emerick Aubameyang (53) ainda a empatar para o Arsenal, que jogou com menos um desde os 15 minutos, por expulsão do grego Konstantinos Mavropanos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG