Comité de Ética da FIFA pede irradiação de Michel Platini

A revelação foi feita pelos advogados presidente da UEFA, que consideram o pedido "desproporcionado"

A Comissão de Ética da FIFA pediu a irradiação de Michel Platini do futebol, disse esta terça-feira o advogado do presidente da UEFA à agência AFP, considerando que a medida é "desproporcionada", num processo que classifica como um "escândalo".

A comissão, que investiga Michel Platini por ter recebido de 1,8 milhões de euros em 2011 do presidente demissionário da FIFA Joseph Blatter para pagar um trabalho de aconselhamento realizado em 2002, deverá anunciar a decisão em dezembro.

O antigo internacional francês Michel Platini, de 60 anos, está suspenso de toda a atividade ligada ao futebol até 5 de janeiro de 2016 e o seu processo de candidatura à presidência da FIFA, que terá eleições a 26 de fevereiro, encontra-se em suspenso.

Além de Michel Platini, o Comité de Ética suspendeu, a 8 de outubro deste ano, por implicação no escândalo de corrupção que atinge a instituição, Joseph Blatter e o secretário-geral da FIFA, o francês Jérôme Valcke.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG