COI defende eficácia de medidas anti-covid em vigor

Japão registou esta quarta-feira 9583 novos casos de covid-19 no seu território, 3177 dos quais em Tóquio, números que representam um novo máximo de casos diários

O Comité Olímpico Internacional (COI) voltou esta quinta-feira a defender as medidas de combate à covid-19 em vigor em Tóquio2020, num dia em que foram reportados 24 novos casos de infeção em pessoas ligadas aos Jogos Olímpicos.

Pelo menos 193 desportistas, membros das delegações, pessoal da organização ou jornalistas tiveram testes positivos ao novo coronavírus desde 01 de julho, segundo o último balanço apresentado pelo Comité Organizador de Tóquio2020.

Na quarta-feira, o Japão registou 9.583 novos casos de covid-19 no seu território, 3.177 dos quais em Tóquio, números que representam um novo máximo de casos diários.

"Pelo que sei, não há um único caso" conhecido de transmissão do novo coronavírus de desportistas ou pessoal olímpico aos habitantes de Tóquio, vincou esta quinta-feira o porta-voz do COI.

Mark Adams recordou que a comunidade olímpica "é a mais testada do mundo" e que "as restrições na Aldeia Olímpica são drásticas", e ainda que, nos "310.000 testes de despistagem realizados, a taxa de positividade é de 0,02%".

Esta quinta-feira, o norte-americano Sam Kendricks, campeão mundial de salto com vara, foi forçado a desistir dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, após ter testado positivo ao novo coronavírus.

O caso de Kendricks levou ao isolamento, por precaução, da equipa de atletismo da Austrália presente em Tóquio2020.

"Todos os membros da equipa australiana de atletismo estão a ser testados, de acordo com os protocolos da equipa olímpica australiana", referiu, em comunicado, o comité olímpico daquele país, acrescentando que "os atletas estão isolados nos seus quartos".

De acordo com a comunicação social australiana, que aponta para 63 atletas em isolamento, embora este número não tenha sido confirmado oficialmente, os responsáveis australianos temem que vários elementos possam ter contactado com Sam Kendricks.

De acordo com os media, o saltador australiano Kurtis Marschall foi confirmado como um contacto próximo, uma vez que nos último dias treinou juntamente com o norte-americano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG