Chelsea vence Crystal Palace e reforça quinto lugar

O Chelsea bateu este sábado o Crystal Palace por 2-1, no dérbi londrino da 30.ª jornada da liga inglesa, também marcada pela vitória do Manchester United sobre o Liverpool, pelos mesmos números.

A fechar o programa do dia, o Chelsea dominou totalmente os visitantes de Stamford Bridge e podiam ter alcançado um resultado bem mais desequilibrado, tal foi a diferença de jogo.

Willian fez o 1-0, aos 25 minutos, e o 2-0 chegou aos 32, com um autogolo Kelly. Depois, por muito que tentassem os azuis não chegaram a mais e acabaram mesmo por ceder o golo de honra do Palace, através de van Aanholt, aos 90.

O Chelsea reforça-se no quinto lugar, com 56 pontos, ainda na luta pelo pódio no campeonato, já que fica a dois do Tottenham, que joga domingo em Bornemouth, e a quatro do Liverpool, que este sábado perdeu em Manchester.

O United, orientado pelo português José Mourinho, consolidou o segundo lugar na prova, superando um adversário por 2-1, com bis de Marcus Rashford.

Os red devils passaram a somar 65 pontos, menos 13 do que o Manchester City, que visita o Stoke na segunda-feira, e colocaram o Liverpool a cinco pontos de distância e em risco de perder o terceiro posto para o Tottenham.

Titular pela primeira vez desde o boxing day, o avançado Marcus Rashford marcou os dois golos do United, aos 14 e 24 minutos, num jogo em que Mourinho não contou com o médio francês Pogba, que se lesionou na véspera.

A equipa comandada por Jurgen Klopp, que durante uma hora só tinha conseguido criar perigo em lances de bola parada, foi mais agressiva na parte final e acabou por reduzir a diferença aos 66 minutos, graças a um autogolo de Bailly, titular pela primeira vez desde novembro e que desviou para a própria baliza um cruzamento de Mané.

Apesar do assédio do Liverpool, o Manchester United controlou o jogo até final e confirmou o 20.º triunfo no campeonato.

Quanto ao Swansea, comandado por outro treinador luso, Carlos Carvalhal, conseguiu o que pode ser um precioso ponto para a manutenção, na deslocação a Huddersfield.

O marcador final foi de 0-0, o que deixa ambas as equipas com 31 pontos, quatro acima da linha de descida de divisão.

As duas equipas deixam para trás o West Ham - este sábado com João Mário a titular -, que perdeu no seu próprio estádio com o Burnley, por 3-0.

Também este sábado, o Everton ganhou ao Brighton por 2-0 e o Newcastle goleou o Southampton, de Cedrid Soares, por 3-0.

Goleada também, mas por 4-1, na visita do Leicester ao campo do lanterna-vermelha West Bromwich Albion.

A jornada prossegue domingo, com o Arsenal-Watford e o Bournemouth-Tottenham. Segunda-feira, o líder Manchester City visita o Stoke City.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG