Castroviejo pede prudência aos adeptos depois do acidente na Volta ao Algarve

Ciclista espanhol chocou contra um espetador quando descia o Malhão rumo ao autocarro da equipa e teve de ser transportado para o hospital

O ciclista espanhol Jonathan Castroviejo (Movistar) pediu hoje prudência aos adeptos, depois de ter fraturado uma vértebra e o cúbito do braço esquerdo ao chocar com um espetador após a última etapa da Volta ao Algarve.

"Obrigada a todos pelas mensagens, não estou a ter sorte. Gostaria de pedir prudência a todos os que se acercam para ver ciclismo. Para nós, sentir o calor do público é o melhor, mas uma distração pode gerar um acidente", alertou o campeão espanhol de contrarrelógio no seu twitter oficial.

O corredor de 28 anos terminou a quinta e última etapa, no alto do Malhão, mas acabou por sofrer o acidente quando descia em direção ao parque de caravanas das equipas e embateu num espetador.

O companheiro de equipa de Nélson Oliveira foi transportado para o Hospital de Faro, onde lhe foram detetadas fraturas na sexta vértebra cervical e no cúbito do braço esquerdo, que põem em risco a sua presença na Volta à Catalunha do próximo mês.

Castroviejo desejou também a pronta recuperação ao espetador no qual embateu.

A 42.ª edição da Volta ao Algarve foi ganha pelo segundo ano consecutivo pelo britânico Geraint Thomas (Sky), enquanto o segundo posto foi para Ion Izaguirre, também da Movistar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG