Ronaldo diz que a culpa é dos colegas, mas depois explica-se

"Se todos estivessem ao meu nível, estávamos em primeiro", criticou o futebolista, que mais tarde prestou explicações

Cristiano Ronaldo não reagiu nada bem à derrota do Real Madrid frente ao Atlético, por 1-0, que ditou o "adeus" ao título de campeão espanhol. O futebolista português distribui culpas pelos colegas por poder terminar a jornada a 12 pontos do Barcelona.

Cristiano Ronaldo foi confrontado com a possível relação entre a sua quebra de rendimento e os maus resultados do Real Madrid. E respondeu assim: "Incomoda-me que digam que o Cristiano baixou o rendimento e que por isso o Real Madrid baixou. Se todos estivessem ao meu nível, estávamos em primeiro. Todos os anos, para a imprensa, parece que estou na merda, mas os números e as estatísticas não enganam", atirou.

CR7 deixou, ainda, palavras que não vão cair bem no balneário. "Gosto de jogar com Pepe, Benzema, com Bale, com Marcelo. Não quero dizer que o Jesé, o Lucas ou o Kovacic não são bons, são muito bons, mas... Para ganhar uma competição é preciso os melhores e nós temos os melhores jogadores lesionados", lamentou, admitindo que o Real Madrid não vai chegar ao título "por ter os melhores lesionados".

Cristiano Ronaldo soma 22 golos e oito assistências em 25 jogos na Liga espanhola, na qual o Real Madrid já nem depende de si próprio chegar ao 2.º lugar. Desde que rumou a Madrid, em 2009, Ronaldo conquistou apenas um campeonato: em 2012/13.

Entretanto, e após o impacto mediático destas declarações, Cristiano Ronaldo, em declarações ao jornal Marca, clarificou: "Referia-me ao nível físico, não de jogo. Não sou melhor que nenhum dos meus companheiros", justificou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG