"Vamos dar o máximo para vencer a Liga Europa"

O defesa argentino do Benfica diz que a prova é "dura" mas que é possível arrebatar o troféu na final. Quanto ao campeonato, sublinha a importância da vantagem sobre o FC Porto mas mostra-se cauteloso.

Ambição. É essa a tónica dominante no discurso de Ezequiel Garay. O defesa argentino não esconde a vontade de ganhar a Liga Europa na presente temporada e diz mesmo que, apesar da presença de adversários de peso, o Benfica vai dar tudo para sair vitorioso.

"Vamos ter dois jogos muito intensos frente ao Newcastle. Jogar contra equipas inglesas é sempre muito complicado, pois são fortes fisicamente. Mesmo assim, estou confiante nas nossas possibilidades de avançar para as meias-finais. Temos de fazer um grande jogo em Lisboa. Seria fantástico se nos qualificássemos para a próxima fase. A Liga Europa é uma prova dura, mas vamos dar o nosso máximo para tentar vencê-la", afirmou o internacional argentino de 26 anos em entrevista ao portal francês Top Mercato.

Sobre a disputa interna com o FC Porto pelo título nacional, Garay sublinhou a importância da vantagem pontual amealhada, mas frisa que ainda faltam sete jogos e prefere jogar na defensiva sobre o desfecho da Liga.

"O triunfo em Guimarães permitiu-nos ficar destacados na liderança, mas ainda não podemos declara vitória e dizer que a Liga já está decidida. Ainda temos de disputar alguns jogos difíceis até final. As partidas com o Sporting e com o FC Porto vão ser cruciais e vamos ter de ser cautelosos. Temos de chegar ao Dragão com a máxima vantagem pontual possível. Penso que podemos ser campeões, mas muita coisa pode acontecer em sete jornadas. Temos de nos manter calmos e prolongar este bom momento", sentenciou.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG