Rui Vitória: "Estamos aqui para marcar golos"

O treinador do Benfica garante que a equipa não irá só defender a vantagem de 1-0 frente ao Zenit

Rui Vitória assumiu esta terça-feira a vontade de o Benfica "marcar golos" no Estádio Petrovskiy, onde amanhã (17.00 horas) irá tentar, frente ao Zenit, alcançar o apuramento para os quartos-de-final da Liga dos Campeões.

O treinador do Benfica recusou a ideia de uma estratégia que privilegie a defesa da vantagem de 1-0 alcançada na Luz graças ao golo de Jonas nos instantes finais. "É uma eliminatória a dois jogos, o importante é vencermos no final de ambos. Vão existir momentos no jogo em que temos de defender bem e vão haver outros em que vamos oportunidade de fazer golo. Se viéssemos só defender tínhamos mais possibilidades de perder. Estamos aqui para marcar golos", sublinhou.

Nesse sentido, Rui Vitória promete uma equipa "consciente do que tem a fazer" nos 90 minutos, acreditando que "tem capacidade para passar", embora reconheça no Zenit "uma equipa forte que tem jogadores maduros nesta competição" e, ainda para mais, "tem a vantagem de jogar em casa".

Questionado pela imprensa russa sobre se existe rivalidade entre ele e André Villas-Boas, Rui Vitória sorriu antes de elogiar o técnico do Zenit. "Não há rivalidade nenhuma, é um belíssimo treinador e um dos melhores, dos vários portugueses espalhados pelo mundo. Desejo-lhe a maior sorte, só que para amanhã não, o Zenit tem a sorte de ter um treinador de enorme qualidade."

Sobre o jogador que irá substituir Jardel no eixo da defesa, Rui Vitória não quis abrir o jogo, mas sempre foi elogiando o jovem central Rúben Dias, da equipa B que viajou com o plantel para a Rússia. "É para nós um grande orgulho trazer mais um jovem de qualidade, espelhando uma vez mais o bom trabalho da nossa formação."

O treinador do Benfica comentou ainda a tarja colocada na estátua do Marquês de Pombal, em Lisboa, a dizer "reservado". "Passamos para a frente do Sporting, mas esse facto não nos vai desviar do objetivo que temos traçado. Se alguém quer pôr reservados, nós temos a consciência plena do caminho que fizemos e daquele que ainda temos de fazer."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG