Rui Gomes da Silva: "Problema é o aburguesamento da estrutura"

Vice-presidente do Benfica deixou Luís Filipe Vieira e Rui Vitórias fora das críticas

Rui Gomes da Silva, vice-presidente do Benfica, foi corrosivo ontem no programa "O dia seguinte" da SIC Notícias, ao dizer que o problema atual do clube, é o "aburguesamento da estrutura, não tanto da competência, mas da postura".

Criticas que não são para o presidente: "Não incluo Luís Filipe Vieira nesse aburguesamento, porque é dado ao combate, como se viu no Apito Dourado, onde conseguiu ir até ao fim. Tudo o resto é com base na anticonflitualidade, como os aconselhamentos para as conferências de imprensa do treinador. Não peço conflitualidade, peço frontalidade."

O dirigente acha que Rui Vitória é uma "aposta ganha", mas insistiu na crítica à organização do clube. "A estrutura do Benfica foi chamada de tudo antes da Supertaça e não respondeu. Porquê? Porque quis fazê-lo depois de ganhar a Supertaça. Depois, parte à procura do prejuízo e chega à segunda fase do conflito, com o presidente do Sporting a dar entrevistas e o Benfica a ser atacado. A opção volta a ser a de não reagir. Não havendo resposta nem conflitualidade, a estrutura do Benfica está a dizer: façam o que quiserem de nós", analisou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG