Roberto evitou a tragédia grega na "piscina" da Luz

Cardozo, aos 83', aproveitou uma falha de Roberto para evitar a derrota do Benfica, agora "obrigado" a superar o Olympiacos em Pireu. Chuva torrencial e relvado inundado acabaram por favorecer as águias.

Roberto, o eterno guarda-redes "mal amado" na Luz, ofereceu nesta quarta-feira um ponto e meio milhão de euros ao Benfica, ao consentir, já perto do final, o empate (1-1) das águias diante do Olympiacos. Um mal menor para a equipa de Jorge Jesus, que sentiu sérias dificuldades na receção à equipa grega e está, agora, pressionada a conseguir um melhor resultado em Pireu.

"Foi positivo." Lima, Cardozo e Jorge Jesus reagiram assim ao resultado final, algo que ilustra o quão difícil foi "arrancar" o 1-1, diante de uma equipa que não empatava, nas competições europeias, há 27 jogos. A partida ficou marcada por uma chuvada torrencial que "inundou" a Luz, mas até foi sob as más condições meteorológicas que o Benfica criou mais perigo, mesmo sem nunca jogar particularmente bem.

Mitroglou, ponta-de-lança do Olympiacos, foi uma constante ameaça à baliza do Benfica e até dispôs, na primeira parte, de três ocasiões para faturar. O goleador grego nunca teve pontaria, mas acabou por fazer a assistência para o golo do Olympiacos, ao servir Alejandro Domínguez, que "sentou" Garay e bateu Artur Moraes (29'). O Benfica, estranhamente apático, regressou aos balneários sob um coro de assobios.

Jorge Jesus apostou Ivan Cavaleiro para a segunda parte, mas o relvado "inundado" não ofereceu espaço para criatividade. O futebol direto, na gíria "bola para a frente", foi a receita para a segunda parte. Mas a verdade é que foi na "piscina" que o Benfica mais perigo criou e a chuva até evitou o 2-0 do Olympiacos: David Fuster evitou Artur (58') e atirou para a baliza, mas a bola travou no relvado antes de entrar.

Da Bélgica chegava a notícia de que o Paris Saint-Germain triturou o Anderlecht (5-0, "póquer" de Ibrahimovic), algo que deixa o primeiro lugar praticamente decidido, e as contas estavam complicadas na Luz, mas Roberto, para variar, apareceu a tempo de salvar o Benfica: errou na saída a um canto, aos 83', e Luisão conseguiu tocar para Cardozo empatar. Este resultado "obriga" o Benfica a superar o Olympiacos no confronto direto (ambos têm quatro pontos), em Pireu, de modo a evitar terminar o grupo C de calculadora na mão.

Filme do jogo:

90+3' Final do jogo!

90+1' Remate forte de Holebas, por cima do alvo.

90' Três minutos de compensação...

88' Substituição no Olympiacos. Saiu Domínguez e entrou Medjani.

86' O Benfica pressiona em busca do golo do triunfo, mas o Olympiacos ameaça no contra-ataque.

83' GOLO DO BENFICA! OSCAR CARDOZO FAZ O 1-1! O Benfica chega ao empate na Luz e bem pode agradecer a... Roberto. O guarda-redes saiu mal da baliza, como tantas outra vezes, e permitiu a Luisão servir Cardozo, que só teve que encostar para o empate.

82' Dupla substituição no Benfica. Saíram Enzo Pérez e Nico Gaitán e entraram Rúben Amorim e Rodrigo.

82' Golo anulado ao Olympiacos, por fora-de-jogo de Mitroglou.

81' Luisão evita o remate de N'Dinga, na grande área.

80' Mitroglou desperdiça! Remate do ponta-de-lança, na grande área, que Garay consegue travar e evitar aquele que poderia ter sido o 2-0.

79' Remate de Mitroglou, para a bancada,

77' Manolas, lesionado, abandona o relvado de maca. Olympiacos tem mais uma substituição para fazer.

76' Jorge Jesus tarda em "refrescar" a equipa. Rodrigo e Djuricic aquecem.

74' Contra-ataque perigoso do Olympiacos, que o relvado encharcado voltou a "travar", antes que Mitroglou pudesse finalizar.

73' Roberto sai novamente mal da baliza, mas o Benfica não aproveita.

71' Jorge Jesus ainda tem duas alterações por fazer. Nico Gaitán parece estar esgotado.

69' Substituição no Olympiacos. Saiu David Fuster e entrou Yatabaré.

67' Estatisticamente, o Benfica tem mais posse de bola (55%), ataques (28-17) e remates (7-6), embora não tenha tido nenhuma ocasião flagrante de golo.

64' A bola rola mais junto à grande área do Benfica do que do Olympiacos. Ainda assim, os encarnados têm criado maior perigo na segunda parte.

62' Cartão amarelo para Gaitán, por travar um contra-ataque do Olympiacos.

- O Paris Saint-Germain está a triturar o Anderlecht: e vão quatro (!) de Ibrahimovic, na goleada por 5-0 na Bélgica. Cavani também já marcou.

60' Cartão amarelo para Mitroglou, por derrubar André Almeida.

58' Que perdida do Olympiacos! David Fuster, na grande área, evitou Artur e atirou para a baliza, mas a bola travou no relvado quando ia entrar. Foi a chuva a evitar o golo.

57' N'Dinga puxou Siqueira na grande área, mas o árbitro nada assinalou. Grande penalidade que terá ficado por assinalar.

56' Substituição no Olympiacos. Saiu Vladimir Weiss, o elemento mais criativo da equipa, e entrou N'Dinga.

56' Cartão amarelo para Enzo Pérez, após entrada sobre Holebas. O Olympiacos pedia vermelho.

55' Má saída de Roberto, após um canto, mas o Benfica não aproveitou o erro do guarda-redes.

54' Mitroglou iria ficar isolado, frente a Artur, mas desistiu do lance, pois pensava que não conseguiria chegar à bola. Mas a bola travou e o grego desperdiçou uma boa ocasião para faturar.

52' Lima cai na grande área e pede penálti, aparentemente sem falta.

52' É ingrato jogar sob estas condições: os jogadores correm, mas a bola trava e facilmente "anula" aquilo que poderia ser um ataque perigoso. E a chuva não dá sinais de oferecer tréguas.

50' Pontapé livre de Lima, a passar ao lado do alvo.

49' Futebol direto é a receita para esta segunda parte. Benfica forçado a recorrer ao pontapé longo e a explorar as bolas paradas.

47' A bola praticamente não rola no relvado. Será extremamente difícil jogar sob estas condições.

46' Início da segunda parte! Bola para o Benfica.

- Substituição no Benfica. Saiu Ola John e entrou Ivan Cavaleiro.

- Ivan Cavaleiro faz exercícios de aquecimento durante o intervalo.

45+1' Intervalo na Luz! O Benfica vai para os balneários sob um coro de assobios e a perder por 1-0, golo de Alejandro Domínguez (29').

45' Cabeceamento de Ola John, desenquadrado com o alvo.

44' A chuva não ajuda: o relvado começa a ficar em más condições e com algumas poças de água.

42' Cartão amarelo para Weiss, por travar o contra-ataque de Enzo Pérez.

40' O Benfica continua sem reagir à desvantagem.

38' Os adeptos vão perdendo a paciência na Luz e os coros de assobios começam a crescer.

36' Cartão amarelo para David Foster, por falta sobre Enzo Pérez, numa altura em que começa a chover torrencialmente na Luz.

- Ibrahimovic dá razão a Jorge Jesus, quando o técnico do Benfica diz que o Paris-Saint Germain será primeiro classificado do grupo C. O PSG está a vencer o Anderlecht por 3-0, "hat-trick" do sueco.

33' Mitroglou está a fazer uma exibição de grande nível e a causar, muitas vezes sozinho, grandes dificuldades à defesa do Benfica. Curiosamente, foi apontado à Luz (e ao Sporting) recentemente por um jornal grego.

31' O Olympiacos, recorde-se, não empata em jogos da UEFA há 27 partidas. Para já está a manter essa tendência, na Luz.

29' GOLO DO OLYMPIACOS! ALEJANDRO DOMÍNGUEZ FAZ O 0-1! Depois de uma perda de bola de Matic, Mitroglou, com um bom movimento, desmarcou Domínguez e o espanhol fez o resto: "sentou" Garay e bateu Artur com um remate colocado.

27' Lima "apanhado" em fora-de-jogo, mas novamente a permitir a defesa de Roberto.

26' Estranha apatia do conjunto benfiquista, que não pressiona o Olympiacos à saída do seu meio-campo.

24' Artur evita o golo! Remate forte Mitroglou, à entrada da grande área, para uma estirada do guarda-redes brasileiro, a segurar o nulo. Foi o terceiro "aviso" do ponta-de-lança...

- O Paris-Saint Germain faz o 2-0 frente ao Anderlecht. Zlatan Ibrahimovic "bisa" e não deixa dúvidas quanto à candidatura dos parisienses na luta pelos "oitavos".

21' Lima, no um-para-um com Roberto, permite a defesa do guarda-redes espanhol, num lance em que foi (mal) assinalado fora-de-jogo.

18' Pontapé largo de David Fuster, para Artur Moraes segurar.

- No outro jogo do grupo C, o Paris Saint-Germain faz o 1-0 frente ao Anderlecht, na Bélgica, golo de Ibrahimovic. Os parisienses estão cada vez mais perto dos "oitavos".

16' Alguns adeptos do Benfica assobiam Roberto quando o guarda-redes espanhol tem a bola, na tentativa de pressionar e retirar confiança ao jogador do Olympiacos.

15' Defesa atenta de Roberto, após cruzamento cruzado de Ola John.

14' Vladimir Weiss evita dois adversários e procura Mitroglou na grande área, mas a bola sobrou para Artur.

12' Duelo equilibradíssimo na Luz, com o Olympiacos a desperdiçar duas boas ocasiões para faturar, em resposta à pressão inicial do Benfica.

10' Que perdida de Mitroglou! O ponta-de-lança grego ganhou a frente do lance a Garay e, na grande área, de cabeça, atirou ao lado do alvo, quando tinha tudo para bater Artur.

8' Olympiacos troca a bola no meio-campo do Benfica, aproveitando o facto de os encarnados não pressionarem as saídas da equipa grega para o ataque.

6' Que perdida de Mitroglou! O ponta-de-lança grego "fugiu" pelas "costas" da defesa do Benfica e entrou na grande área, mas à saída de Artur rematou, com o pé esquerdo, ao lado do alvo.

6' Luisão falha o alvo. Cabeceamento do capitão do Benfica, após cruzamento de Ola John, mas por cima do alvo.

4' Cabeceamento de Lima, após pontapé de canto de Gaitán, desenquadrado com o alvo. Sinal mais para o Benfica nos primeiros minutos.

3' Roberto nega o golo ao Benfica! Pontapé livre forte do paraguaio, que o guarda-redes espanhol conseguiu desviar para canto.

1' O espanhol Undiano Mallenco apita para o início do jogo! Bola para o Olympiacos.

BENFICA: Artur Moraes; André Almeida, Luisão, Ezequiel Garay, Guilherme Siqueira; Nemanja Matic, Enzo Pérez, Ola John, Nico Gaitán; Lima e Oscar Cardozo. Suplentes: Paulo Lopes, Maxi Pereira, Jardel, Rúben Amorim, Filip Djuricic, Ivan Cavaleiro e Rodrigo.

OLYMPIACOS: Roberto; Leandro Salino, Manolas, Maniatis, Holebas; Siovas, Samaris; David Fuster, Domínguez, Vladimir Weiss; Konstantinos Mitroglou. Suplentes: Megyeri, Medjnai, N'Dinga, Joe Campbell, Tatabaré, Javier Saviola e Olaitan.

O Benfica disputa nesta quarta-feira (19.45) o primeiro de dois desafios com o Olympiacos, na luta traçada por Jorge Jesus pelo segundo lugar do grupo C da Liga dos Campeões. Com o primeiro posto "entregue", pelo próprio técnico das águias, ao Paris-Saint Germain, nesta dupla jornada ante a equipa grega poderá ficar decidido quem acompanhará os parisienses rumo aos "oitavos" da competição cuja final será disputada no Estádio da Luz.

Depois de ter sofrido, em Paris, a maior derrota (3-0) em 20 anos de Champions, Jorge Jesus recusa encarar a receção à equipa dos ex-benfiquistas Roberto e Saviola como um jogo "decisivo", considerando, simplesmente, que será "importante" assegurar os três pontos, de modo a isolar-se no segundo lugar do grupo antes da visita a Pireu - cidade de má memória, de onde o Benfica, de Quique Flores, saiu goleado por 5-1 em 2008.

Em receções ao Olympiacos, o cenário é mais animador: vitórias em 1973 (1-0) e 1983 (3-0), sendo que o Benfica poderá impor a 100.ª derrota "europeia" no historial dos campeões gregos. Curiosamente, o Olympiacos leva 27 jogos consecutivos na UEFA sem empatar (14 vitórias e 13 derrotas), o que leva a crer que o jogo na Luz será mais de "dupla" do que de "tripla" - com teórico maior favoritismo para o Benfica, apesar das ausências de Fejsa, Sulejmani e Markovic.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG