Ola John apontado como possível reforço

Ola John, extremo nascido na Libéria naturalizado holandês, de 19 anos, é apontado como possível reforço do Benfica para a próxima temporada desportiva de 2012/2013.

Segundo a edição desta quarta-feira do jornal Record, o Benfica e o Twente, da Holanda, clube ao qual o jogador, internacional sub-19 pela Holanda, está contratualmente ligado, já terão chegado a uma plataforma de entendimento para a eventual transferência do veloz extremo rumo aos encarnados da Luz. Faltará ainda, no entanto, e ainda de acordo com o Record, convencer o futebolista a aceitar mudar-se para Portugal, para assim dar continuidade à carreira.

Já o também desportivo A Bola fala na disponibilidade do Twente, equipa que o Benfica eliminou, na corrente temporada de 2011/2012, na pré-eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões, em negociar com o Benfica o possível ingresso de Ola John na Luz. Quanto ao jornal O Jogo publica, pelo seu lado, uma entrevista com o jovem avançado paraguaio Mauro Caballero, de 17 anos, atleta do Libertad, do Paraguai, que está muito perto de se tornar, no imediato, reforço confirmado do clube de Lisboa. "Vou deixar a pele em campo", disse Mauro Caballero ao jornal O Jogo.

De acordo com informações recolhidas pelo DN, e tendo em conta os últimos nomes veiculados na imprensa, em Portugal, como potenciais reforços do Benfica, Mauro Cabalerro é aquele cujas negociações se encontram, neste momento, mais bem encaminhadas para se tornar futebolista dos encarnados da Luz.

Entretanto, assinalam-se esta quarta-feira, dia 2 de maio de 2012, cinquenta anos após a vitória do Benfica frente ao Real Madrid,

no Estádio Olímpico de Amesterdão, Holanda, por 5-3, na final da antiga Taça dos Clubes Campeões Europeus em futebol. José Águas, Cavém, Coluna e Eusébio (dois tentos) foram os autores, em 2 de maio de 1962, dos golos dos encarnados, na época treinados pelo húngaro Bella Guttman. O antigo avançado húngaro Ferenc Puskás apontou os três golos do Real Madrid, num jogo que foi arbitrado pelo holandês Leonard Horn.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG