Nolito lamenta saída de Moreira para o Swansea

A saída do guarda-redes Moreira do Benfica para a equipa galesa do Swansea City, que subiu este ano à Liga inglesa de futebol, foi recebida com tristeza pelo espanhol Nolito.

"Não sabia, os colegas comentaram comigo. Estive pouco tempo com ele (Moreira), mas uma despedida é sempre triste. Ele terá escolhido o que pensa ser melhor, ele sabe o que faz e nós temos de nos continuar a preparar para uma época forte", afirmou o extremo esquerdo, em conferência de imprensa, em Nyon, na Suíça.

Moreira era um dos quatro guarda-redes do plantel "encarnado" para a presente temporada e ainda cumpriu os quatro primeiros dias de estágio da formação benfiquista, mas já não treinou na quinta-feira à tarde, sem que a sua ausência fosse alvo de qualquer justificação.

O guarda-redes, de 29 anos, defendeu as cores "encarnadas" desde 1998/99, quando chegou à Luz proveniente do Salgueiros. Pelo Benfica venceu dois campeonatos, três Taças da Liga, uma Taça de Portugal e uma Supertaça.

O plantel "encarnado", agora reduzido a 31 jogadores, cumpriu esta manhã, à porta fechada, o único treino do dia, no Centro Desportivo de Colovray, depois de ter sido cancelada a sessão da tarde, altura em que os jogadores deverão realizar trabalho especifico na unidade hoteleira de Genebra, onde estão instalados.

Ainda hoje é esperada na Suíça a chegada do presidente do clube, Luís Filipe Vieira, que já deverá assistir ao jogo de sábado, o primeiro ensaio do Benfica na pré-época, frente aos franceses do Nice, no estádio Saint Leonard, em Friburgo.

Depois, a 10 de Julho, a equipa "encarnada" defronta o Servette, treinado pelo português João Alves, no Stade Geneve, e, dois dias mais tarde, faz o último teste deste estágio de pré-temporada, diante do Dijon, no estádio de Colovray, em Nyon.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG