Luís Filipe Vieira arrisca processo disciplinar na Liga

A Comissão Disciplinar da Liga de Clubes vai ser chamada a pronunciar-se sobre as suspeitas que recaem em Luís Filipe Vieira. Apesar de o presidente do SLB Benfica ter declarado no processo que não apoiava directa ou indirectamente a claque dos No Name Boys, o Ministério Público entendeu que outros elementos dos autos colocam "em causa as declarações prestadas" por Vieira.

Além de escutas telefónicas a alguns elementos do NNB, que fazem referências a reuniões com o líder dos "encarnados", o MP recolheu testemunhos quanto a um almoço entre Luís Filipe Vieira e o comandante da PSP de Benfica, Diamantino Carvalho.

Paulo Dias, ex-director de segurança do Estádio da Luz, que também participou nesse almoço, declarou que o presidente do Benfica pediu ao responsável da PSP para que " não levasse em consideração os artefactos pirotécnicos lançados para o estádio, pois assim as pessoas viam o que era o Inferno da Luz".

Um dos membros do NNB foi escutado a dizer que Vieira iria devolver a sede à claque.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG