João Carvalho e Diogo Gonçalves estão a caminho de Inglaterra

Os dois jogadores formados no Seixal devem rumar ao Nottingham Forest, do segundo escalão inglês. João Carvalho renderá 15 milhões de euros e bate recorde do clube inglês

João Carvalho e Diogo Gonçalves estão de saída do Benfica e, ao que tudo indica, terão como destino o histórico Nottingham Forest, que milita no Championship, o segundo escalão do futebol inglês.

As negociações estão a ser conduzidas pelo empresário Jorge Mendes e deverão ser finalizadas ainda durante esta semana, estando o médio ofensivo João Carvalho na iminência de se tornar o jogador mais caro da história do Nottingham, dado que a transferência deverá consumar-se por 15 milhões de euros. A contratação mais alta do clube que nos anos 70 se sagrou bicampeão europeu foi de 6,3 milhões de euros em 2014, quando contratou o avançado Britt Assombalonga ao Peterborough.

Já o extremo Diogo Gonçalves deve seguir por empréstimo de uma época, com o Forest a ficar com uma opção de compra superior a 20 milhões de euros.

Trata-se de dois jogadores de 21 anos, ambos formados no Seixal, que fizeram parte do plantel da temporada passada, embora com escasso tempo de utilização. João Carvalho foi lançado pelo técnico Rui Vitória em dez partidas oficiais, tendo mesmo sido a primeira opção para o onze após a lesão de Krovinovic. No entanto, o jovem médio ofensivo acabou por não conseguir agarrar o lugar. Por sua vez, Diogo Gonçalves fez 13 jogos pela equipa principal, tendo inclusive sido titular em sete partidas consecutivas - quatro delas para a Liga dos Campeões - entre outubro e dezembro de 2017, tendo depois disso perdido protagonismo na equipa.

Estas duas saídas juntam-se às de Douglas, cujo empréstimo do Barcelona chegou ao fim, e Eliseu, que terminou contrato com os encarnados. O Benfica tem ainda previsto fazer um encaixe financeiro com jogadores como Grimaldo, Samaris, Raúl Jiménez e Seferovic, esperando-se que estes dois últimos possam valorizar-se durante o Mundial 2018, que se inicia no dia 14.

Os cofres da SAD encarnada podem ainda receber um reforço substancial com a transferência do brasileiro Anderson Talisca, que poderá render uma verba a rondar os 30 milhões de euros, existindo clubes ingleses, italianos e chineses interessados no médio ofensivo que na última época brilhou no Besiktas. Outro jogador com muito mercado é o italiano Cristante, por quem o Benfica já recebeu quatro milhões de euros da cláusula de opção de compra exercida pela Atalanta, mas ainda detém 30% de uma futura venda, que se poderá concretizar em breve, uma vez que Roma e Juventus são alguns dos clubes interessados na sua contratação.

Facundo Ferreyra a chegar

Quem é esperado ainda nesta semana na Luz é o ponta-de-lança argentino Facundo Ferreyra, que na época passada representou o Shakhtar Donetsk, de Paulo Fonseca, clube com que terminou contrato.

O jogador de 27 anos é uma das grandes apostas do Benfica para a nova época, após uma temporada em que marcou 30 golos em 42 jogos pelos bicampeões da Ucrânia. Tal como o DN adiantou, Ferreyra vai assinar por quatro temporadas, com um salário anual de 2,2 milhões de euros líquidos por ano.

Ainda durante esta semana, os encarnados esperam encerrar o processo do avançado chileno Nicolás Castillo, que já fez exames médicos, mas que ainda não foi oficializado porque não se desvinculou dos mexicanos do Pumas, de que reclama o pagamento de uma verba que lhe é devida. O jogador de 25 anos vai custar sete milhões de euros, assinando contrato por cinco épocas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG